quarta-feira, 9 de dezembro de 2020
FOTO: ADRIANO MACHADO


Jair Bolsonaro demitiu o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio. O presidente comunicou ao ministro sua decisão há pouco, em reunião no Planalto.

Para Bolsonaro, a permanência de Álvaro Antônio ficou insustentável depois da discussão de ambos no grupo de WhatsApp de ministros.

O ministro do Turismo acusou Ramos de boicotá-lo e de negociar diretamente cargos com o Centrão no próprio Ministério do Turismo.

O presidente da Embratur, Gilson Machado, é o mais cotado para assumir a vaga.
A demissão ocorre mais de um ano depois de Álvaro Antônio ter sido indiciado pela Polícia Federal, sob suspeita de ter chefiado o esquema do “laranjal do PSL” em Minas Gerais.

0 comentários:

Postar um comentário