terça-feira, 29 de setembro de 2020

 

O procurador eleitoral Raimundo Leite Filho impugnou hoje (28) o registro de candidatura de Padre William, candidato a prefeito de Alcântara pelo PL.

De acordo com o Ministério Público Eleitoral (MPE), William teve contas relativas a sua gestão como prefeito de Guimarães julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas da União (TCU), em decisão com trânsito em julgado no dia 24 de julho de 2020.

O pretenso candidato foi condenado “em razão de não comprovação da execução do objeto do Convênio 419/2007 (Siafi 611045) , tendo por objeto ‘Promover o Festival de Cultura do Município de Guimarães’”, e acabou sendo obrigado a devolver mais de R$ 130 mil aos cofres públicos.

A decisão foi destacada pelo procurador eleitoral em sua ação (leia aqui a íntegra).

0 comentários:

Postar um comentário