domingo, 13 de setembro de 2020


O Ministério Público do Maranhão anunciou, durante coletiva à imprensa, que ofereceu denúncia contra os quatro envolvidos na morte dos pais do deputado federal Cleber Verde, Maria da Graça Cordeiro Mendes e Jesuíno Cordeiro Mendes. O crime foi cometido na tarde do dia 14 de julho deste ano, na zona rural do município de Turiaçu .

Foram denunciados Jeferson Silva da Costa (também conhecido como “Nhonhonga”), Elielson Cardoso Paiva, Daniel Paiva e José Fernando Ferreira do Nascimento (mais conhecido como “Elétrico”), pelos crimes de latrocínio, tortura, associação criminosa e corrupção de menores. Se condenados, os quatro podem receber, individualmente, uma pena aproximada de 80 anos de prisão.

O inquérito foi concluído pela Polícia Civil. A Denúncia foi oferecida pelos promotores de justiça Jorge Luis Ribeiro de Araújo, Frederico Bianchini Joviano dos Santos, Reinaldo Campos Júnior e Igor Adriano Trinta Marques.

De acordo com o promotor de justiça Frederico Bianchini, os quatro envolvidos cometeram duas séries de crimes. Contra Maria da Graça Mendes, praticaram latrocínio e tortura. Em relação ao companheiro dela, Jesuíno Mendes, cometeram latrocínio. Também foram praticados os crimes de associação criminosa e corrupção de menores.

O promotor de justiça Igor Adriano Trinta Marques ressaltou que o MPMA vai continuar acompanhando com atenção os desdobramentos da Denúncia, agora no âmbito do Judiciário. “Este caso chocou a comunidade e todo o Maranhão. Foi cometido com requintes de crueldade e vitimou dois idosos”, enfatizou.

0 comentários:

Postar um comentário