segunda-feira, 31 de agosto de 2020



Um homem identificado como Alan Patrick matou a tirou a ex-mulher e ex-cunhada na tarde de domingo (30) em Imperatriz.

Segundo informações policiais, o assassino não estaria conformado com a separação.

Alan chegou de surpresa na residência da ex-mulher e as irmãs não tiveram tempo de fugir. Dayane da Mota Bandeira Oliveira e a irmã Gleyciane da Mota Bandeira foram assassinadas dentro da residência na Rua H, no bairro Novo Horizonte, na cidade de Imperatriz.

Após matar as irmãs, Patrick recorreu ao suicídio, disparando um tiro contra a própria cabeça. Gleyciane Bandeira já contava com uma medida protetiva, concedida pela Justiça, porque o ex-marido vinha fazendo ameaças de morte

A Polícia Civil esteve no local e acionou o Instituto Médico Legal (IML) para remover os corpos de dentro da casa de alto padrão, onde as vítimas moravam.

0 comentários:

Postar um comentário