sexta-feira, 24 de julho de 2020




Um adolescente de 13 anos morreu depois de ser atingido por um disparo acidental de uma arma artesanal no município de Apicum-Açu, região do Litoral Ocidental do Maranhão, no início da tarde desta sexta-feira (24). Segundo informações da Polícia Militar, com base em relatos de populares e familiares, a vítima juntamente com outros amigos menores, estavam brincando com armas de fabricação caseira, conhecida como garrucha, muito comum na região, um dos tiros teria voltado na direção da vítima que não resistiu e veio a óbito, chegando sem vida ao hospital do município.

No local, a polícia apreendeu seis (6), garruchas, todas de fabricação caseira. O conselho tutelar foi acionado, uma vez que todos os envolvidos são menores. Das seis armas, duas estavam no interior da casa da vítima, e as outras quatro foram localizadas nos arredores. Josivaldo Silva, membro do conselheiro tutelar do município acompanhou as apreensões.

Como se sabe, armas artesanais são ilegais, mas produzidas com facilidade por adolescentes, especialmente no interior das cidades. Essas armas não são permitidas, mas o problema é a comercialização ilegal, porque a produção é muito fácil. As crianças costumam fazer para brincar, infelizmente trouxe uma tragédia para a família, e levou a vida de um adolescente de apenas 13 anos na cidade de Apicum-Açu.

O fato aconteceu na Rua Getúlio Vargas, no bairro conhecido como Morro, nas proximidades do comercial Cilene, região urbana de Apicum-Açu.

Via Icururupu

0 comentários:

Postar um comentário