segunda-feira, 8 de junho de 2020


O governador Flávio Dino disse que o calendário de reabertura gradual do comércio está mantido. Assim, já na próxima semana, teremos a abertura de mais algumas modalidades do comércio. A única mudança, que já havia sido até anunciada, é sobre as aulas, que serão iniciadas apenas 1º de julho.

Deste modo, na próxima segunda-feira (15), já estarão autorizadas a abrir lojas de sapataria, roupas e lojas situadas nos shoppings, com exceção de praças de alimentação, cinemas, áreas infantis, restaurantes e a realização de eventos.

“Não há neste momento nenhuma alteração para as datas de previsão do calendário. As datas 15, 22 e 29 estão mantidas”, afirmou o governador, que salientou que os números continuam sendo os balizadores, em especial, a capacidade de atendimento dos hospitais.

“Fazemos a retomada com dados objetivos. Em especial a capacidade de atendimento dos hospitais. Se identificarmos que os hospitais estão superlotados, podemos adotar medidas de mais rigor. Não é a situação deste momento. Por isso, o calendário de comércio e serviços vai até o final do mês de junho. Com a possível retomada à quase normalidade até o mês de julho”, enfatizando que eventos que geram aglomeração, como shows, ainda não funcionarão.

O governador foi questionado sobre abusos de alguns estabelecimentos, em especial a aglomeração na inauguração do supermercado Mateus, do Olho d’Água, o governador disse que segue a fiscalização e depende do bom senso e que Assim, continuamos gradualmente a abertura do comércio. “Todos os casos são alvo de fiscalização. Todos os casos inclusive este [abertura do supermercado Mateus do Olho d’Água]”. Ele relembrou que é importante

Praias e espaços de lazer lotados

O governador também foi questionado pela imprensa sobre o clima de normalidade ter afetado o comportamento das pessoas que têm lotado espaços como praias no final de semana. “Observamos estas situações e elas são indesejáveis. Às vezes as fotos circulam nas redes sociais posterior aos fatos. Quando de denúncia, atuamos imediatamente”. Ele anunciou que durante a semana será feita avaliação de como isso se dará, mas que haverá um controle no próximo final de semana.

“Vamos ver o que faremos ao longo desta semana destes locais de lazer. Precisamos da colaboração das pessoas. Eu mesmo sou frequentador das praias, Sinto muito falta. Mas precisamos evitar”, finalizou. 


0 comentários:

Postar um comentário