quarta-feira, 27 de maio de 2020


O secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, afirmou que não há previsão para retorno as aulas no Maranhão. O governador Flávio Dino (PCdoB), irá anunciar a suspensão das aulas até o dia 15 de junho, momento que ocorrerá nova avaliação. Um documento com o timbre da Secretaria estadual de Educação está circulando com a seguinte assinatura: “Diretrizes para reabertura das escolas”. Tal documento não é do conhecimento do titular da SEDUC e vem sendo usado de forma equivocada por professores e gestores no Maranhão.

Um documento encaminhado pelo próprio secretário Felipe Camarão informa que o retorno gradativo das atividades presenciais será iniciado pela graduação e pós-graduação, logo em seguida pelo ensino médio da rede pública e privada e por fim o ensino fundamental e ensino infantil.

Uma série de medidas vão ser adotadas também como a redução do número de alunos por turma. No caso do ensino infantil, apenas dez estudantes por sala. No ensino fundamental, médio e superior vão ser no máximo 20 alunos.

0 comentários:

Postar um comentário