segunda-feira, 4 de maio de 2020

No primeiro dia do mês a porcentagem chegou à casa dos 5%. As taxas de letalidade são definidas pelo cálculo do número de mortes, que é dividido pelo número de casos confirmados no mesmo período





A taxa de letalidade do novo coronavírus no Maranhão diminuiu no início do mês de maio, é o que mostra o gráfico divulgado no boletim diário da Secretaria de Estado da Saúde (SES). Dia primeiro de maio o índice chegou a 5,89%, foi a porcentagem mais baixa registrada desde o início do mês passado. Na mesma data o estado contabilizou mais 20 mortes pela doença, no sábado foram 13 e domingo outros 12 óbitos que se somaram ao total de 249.

O Maranhão também começa a semana com 1005 pessoas recuperadas do coronavírus no estado, que representa uma porcentagem de 24%, diante do total de 4227 confirmados.

As taxas de letalidade do novo coronavírus são definidas pelo cálculo do número de mortes de uma determinada doença, que é dividido pelo número de casos confirmados no mesmo período, e o resultado é multiplicado por cem. Essas taxas dependem de classificações de casos confirmados, que durante o período de pandemia que em algumas vezes pode ser um número incerto, geralmente subnotificado. Os casos confirmados dependem de critérios de classificação e da capacidade dos sistemas de saúde de diagnosticarem os casos.

Tabela referente aos dados divulgados dia 3 de maio de 2020

O gráfico mostra que abril começou com o índice de letalidade variando entre 9, 77%, indo para a casa dos 8% e seguindo para 7, 91%. O pico de letalidade foi registrado no dia 13 de abril com 10, 67% e o mais baixo dia 29, com 6, 36%. Desde então, o gráfico conseguiu manter a queda e atingir os 5, 89% no dia primeiro de maio até este domingo (3).

Uma sociedade e sistema que ainda estão se adaptando

Essa queda na taxa de letalidade é um dado positivo, mas que é inconstante e depende muito de como serão os números acumulados da Covida-19 nos próximos dias. Mas a baixa taxa de letalidade, também pode ser resultado da estrutura de saúde do estado e das decisões tomadas durante o aumento no registro de casos. Recentemente, a justiça determinou lockdowm em São Luís e região metropolitana que inclui os municípios de São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar, onde estão a maioria dos casos positivos comprovados.

 
Justiça determina lockdowm em São Luís e região metropolitana

A determinação acontece depois que o Ministério Público do Maranhão ajuizou uma Ação Civil Pública que solicitava ao Poder Judiciário que obrigasse o estado a cumprir medidas mais rígidas de confinamento na Ilha de São Luís. O texto da decisão, destaca, que sem o controle da disseminação a taxa de letalidade da população vulnerável não terá controle. A Ação Civil é assinada pelos titulares das Promotorias de Justiça de Defesa da Saúde de São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar.

Cai número de contaminados pela Covid

Outro registro que não pode passar despercebido é a quantidade de pessoas infectadas por dia no Maranhão que teve uma baixa significativa. O número de novos casos caiu pelo quarto dia seguido. No dia 29 atingiu seu ápice, com 386 novos infectados. Neste domingo registrou 187. Uma queda gradual de 52%.

Dia 29: 386 novos casos
Dia 30: 316 novos casos
Dia 01: 299 novos casos
Dia 02: 235 novos casos
Dia 03: 187 novos casos

Via O Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário