domingo, 5 de abril de 2020


Um militar da reserva que atuava como segurança da Assembleia Legislativa morreu neste fim de semana vítima de H1N1.

Monteiro, como era conhecido, cumpria seu trabalho na Creche Sementinha, mantida pelo Legislativo estadual. Ele estava de férias e, por isso, não teve contato com outros profissionais da Casa nos últimos dias.

Conhecido como gripe suína,o H1N1 tem os seguintes sintomas: febre, dor de cabeça, mal-estar e tosse.

0 comentários:

Postar um comentário