quinta-feira, 23 de abril de 2020

Capital fica um pouco mais distante de um colapso no sistema por superlotação de leitos para pacientes graves





Pelo terceiro dia seguido caiu a ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados para tratamento de pacientes infectados pelo novo coronavírus na capital São Luís.

No domingo, chegamos ao preocupante percentual de 93,75% de leitos ocupados, dos 107 existentes. Muitos temiam um colapso do sistema, quando pacientes em estado grave não encontrariam mais espaço para internação.

No boletim desta quarta-feira, divulgado a noite pela Secretaria de Saúde, porém, o percentual baixou para 84,11%. Do total de 107 leitos, 90 estão ocupados e 17 livres.

Na segunda, a ocupação já havia recuado para 88,87%. E na terça registrou uma leve melhora, para 88,24%. Os números incluem leitos de hospitais públicos.




“Decreto de lockdown está pronto”, diz governador

A redução ocorreu no mesmo dia em que o governador Flávio Dino declarou que decretaria “lockdown” (fechamento total de todas as atividades) caso os leitos de UTI ocupados chegassem a 80%. “Tenho um decreto pronto de lockdown se a ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) chegar a 80%”, falou, em reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo.

A reportagem fala que a “ocupação na noite de terça estava em 70%”. Mas o boletim da própria secretaria de Saúde apontava para uma ocupação de 88,11% na taxa relativa aos leitos SUS administrados pela Secretaria de Saúde.

Indagado pela reportagem sobre quais leitos Dino se referiu (estadual ou da capital), o governo informou, por meio da assessoria, que o governador se referiu à ocupação de leitos da rede estadual. E não apenas São Luís. Diz a nota:

“O Governo do Maranhão esclarece que o decreto para lockdown será uma alternativa possível, caso os leitos de UTI da rede estadual de saúde cheguem à ocupação de 80% no estado.”

De acordo com últimos dados da Saúde, do total de leitos de UTI existentes em todo o estado (188), metade deles (94) está ocupado. Portanto, o Maranhão tem 50% de ocupação dos leitos de terapia intensiva no dia de hoje. Longe, portanto, de um colapso regional.

A ocupação do total de leitos clínicos, porém, aumentou. No domingo a noite estava em 41% e hoje está em 60,43%. Do total de 235 leitos, 142 estão ocupados e 93 livres em São Luís.

Números do Covid-19 no Maranhão

Até o boletim desta terça, São Luís tem 1757 casos confirmados do novo coronavírus:

  • 1100 estão em isolamento domiciliar
  • 176 estão recuperados
  • 262 estão em internação clínica
  • 148 em leitos de UTI
  • 76 pessoas morreram

0 comentários:

Postar um comentário