terça-feira, 28 de abril de 2020


O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), anunciou hoje (27) que deixará a cargo dos prefeitos – assim como já fez em relação ao comércio – a decisão sobre a retomada, ou não, das aulas nas redes municipais de ensino.

Atualmente vigora um decreto suspendendo as atividades escolares até o dia 12 de maio . Segundo o comunista, no que se refere à rede estadual, é improvável que as aulas sejam reiniciadas após esse prazo.

“Eu confio e preciso da parceria dos prefeitos e prefeitas. Eles têm as suas responsabilidades, as suas atribuições. É um processo que anuncio agora para que cada m reflita, é uma decisão das comunidades escolares, professores, gestores. No que se refere à rede estadual não temos previsão de retorno. Muito provavelmente esse prazo do dia 12 de maio será estendido na medida em que nós temos a necessidade de funcionamento conjunto da rede estadual. Eu não posso ter vários calendários escolares na mesma rede”, declarou.

Ele também pediu diálogo entre pais e escolas privadas. “No que se refere à rede privada, peço que pais e escolas dialoguem entre si, porque não é uma decisão que caiba exclusivamente ao governador”, completou.

Via Gilberto Leda

0 comentários:

Postar um comentário