quarta-feira, 29 de abril de 2020
O secretário estadual de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, mostrou preocupação com os recentes números divulgados pela Secretaria estadual de Saúde que mostra 100% da ocupação dos leitos de UTI na capital, assim como os hospitais privados que divulgaram a falta de disponibilidade de leitos. De acordo com o titular SEINC, para piorar a situação “a população não está ajudando. Tínhamos que estar parados”, lamentou Simplício.

Responsável por intermediar as negociações com a classe empresarial sobre uma possível retomada dos serviços não essenciais, Simplício confirmou que estamos próximos de uma quarentena, uma vez que o ideal era que tivesse 70% da população em isolamento, porém o Maranhão vem registrando entre 55% e 60%, mas esse é um número sem base científica.

Simplício Araújo é um dos que mais tem contribuído com o estado para tentar superar o covid-19, ele foi responsável pela operação que importou 107 respiradores, assim como tem viabilizado EPI´s e até a mesmo a doação de ambulâncias através dos empresários.

0 comentários:

Postar um comentário