quarta-feira, 25 de março de 2020



O pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro foi tão absurdo sob todos os aspectos de contenção ao coronavírus, que até mesmo o seu maior defensor em todas as situações, o senador maranhense Roberto Rocha, criticou o que disse o chefe do poder executivo em cadeia nacional.

Rocha ainda tentou minimizar, dizendo que Bolsonaro poderia até acertar nom conteúdo, mas errar na forma. E soltou: “Como líder da Nação entendo que ele deve passar gestos de otimismo e coragem, como um comandante num campo de batalha. Mas não pode subestimar a força da palavra presidencial, senão vai sempre gerar mais calor que luz”, escreveu.

Rocha já defendeu que Bolsonaro saísse em defesa do filho no caso Queiroz, defendeu o fato das estradas federais no Maranhão estarem esburacadas, defendeu a possível participação do Clã Bolsonaro na morte de Marielle Franco e por último defendeu o presidente contra sua própria casa – o senado federal – quanto a participação de Bolsonaro nas manifestações contra o Congresso.

Daí é possível perceber o tamanho do absurdo da declaração de ontem de Bolsonaro.

0 comentários:

Postar um comentário