sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Deu o que falar a presença do governador maranhense Flávio Dino (PCdoB) em algum palanque político nas eleições de 2022. A Veja, por meio do Noblat – em que disse que Luciano Huck quer Flávio Dino como vice ou mesmo o Estado de São Paulo que repercutiu uma declaração do vice-presidente do PT, Paulo Teixeira (SP), em que falou que Dino será vice do PT, tendo Haddad ou Lula como cabeça de chapa.

A notícia se espalhou em blogs e nas redes sociais, principalmente no Twitter. Rede social mais polvorosa da Internet.

Curiosamente as declarações coincidiram com a mudança do endereço de trabalho do ex-secretário adjunto da Secretaria de Articulação Política e Comunicação, Daniel Merli. Agora, em Brasília, Daniel Merli vai representar a Secap ficando ainda mais próximo da mídia nacional.

Dino sabe que sua atuação na campanha de 2022 é principalmente no Nordeste, onde tem forte liderança política, atuando como consultar e embaixador dos governadores da região. O sonho do governador maranhense era ser cabeça de chapa, algo que não é palpável agora e nem descartado dentro do PCdoB e das pessoas mais próximas do governador. 

Com o orçamento de Comunicação turbinado e a política em ressaca neste começo de ano, Flávio Dino começou o ano pautando a política. Um ótimo primeiro dia de trabalho de Daniel Merli.

Via Carta Politica

Um comentário:

  1. Gostaria de pergunta ao Governador quantos metro de saneamento básico ele fez em todo o Maranhão

    ResponderExcluir

Facebook

Rádio do seu Coração

Quer a melhor internet?

Quer a melhor internet?
Entre em contato agora mesmo.