sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Orias Mendes (PCdoB) e Vanusa Santos (MDB) foram cassados

Os eleitores de Bela Vista do Maranhão já elegerão um prefeito no dia 12 de janeiro deste ano – em outubro, elegem outro, ou reelegem que for eleito agora.

A eleição suplementar na cidade foi determinada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e definida em resolução aprovada em novembro pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) – saiba mais.

O novo pleito ocorrerá após o TSE julgar improcedente um recurso do prefeito eleito em 2016, Orias de Oliveira Mendes (PCdoB), e manter a cassação do comunista e da sua vice, Vanusa Santos (MDB) – relembre.

Orias e sua vice foram cassados por abuso de poder e conduta vedada no pleito, após denúncia de José Augusto Veloso Filho, candidato a prefeito derrotado, e da Procuradoria Regional Eleitoral do Maranhão (PRE-MA).

Segundo a ação, Orias Mendes e Vanusa Santos utilizaram-se da máquina pública para obter vantagem ilícita para sua candidatura, contratando 35 pessoas para exercerem cargos públicos, sem seletivo ou concurso público, entre julho e agosto do ano da eleição.

Via Gilberto Leda

0 comentários:

Postar um comentário