quarta-feira, 29 de janeiro de 2020


O Secretário de Segurança Pública do Maranhão (SSP), Jefferson Portela, declarou por meio do seu twitter que será instaurado uma apuração do comportamento do policial militar Tiago de Jesus.

O PM usou as redes sociais para fazer apologia de defesa de feminicídio. Ele se referia ao caso do policial Carlos Eduardo que é suspeito de assassinar a mulher Bruna Lícia e o suposto amante José William, que aconteceu no último sábado (25).

Em um de seus comentários, o PM afirmou que se as mulheres traírem os seus maridos poderão também morrer, assim como Bruna Lícia.


O Secretário Jefferson declarou que o feminicídio é um crime e deve ser tratado da mesma maneira por todos que fazem parte do Sistema de Segurança do Estado.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Quer a melhor internet?

Quer a melhor internet?
Entre em contato agora mesmo.