sábado, 2 de novembro de 2019

Mais de 230 mil crianças de 6 meses a menores de 5 anos ainda não foram imunizadas. No Maranhão, seis casos da doença foram confirmados em 2019.



Mais de 230 mil crianças de seis meses a menores de cinco anos ainda não foram vacinadas contra o sarampo no Maranhão. A primeira etapa da campanha acabou no dia 25 de outubro com 82% das crianças imunizadas, mas mais da metade nos municípios não atingiram a meta.

Ao todo, 117 dos 217 municípios não chegaram ao índice de 95% de crianças vacinadas recomendado pelo Ministério da Saúde, ente eles a capital São Luís. Em Balsas, no sul do Maranhão, o índice passou de 70%, mas ainda está longe da meta. A Secretaria de Saúde está fazendo um apelo aos pais para tentar melhorar o índice nos próximos dias.

“O Ministério da Saúde resolveu intensificar essa vacinação. Ou seja, vamos intensificar até o dia 30 de novembro para que, dessa forma a gente possa vacinar todas as crianças que ainda não receberam a vacina contra o sarampo, em especial as crianças de seis meses a menores de um ano”, afirmou a coordenadora de imunização, Janaína Neves.

Segundo o Ministério da Saúde, em 2019 já foram confirmados 5600 casos de sarampo no Brasil e 14 pessoas morreram. No Maranhão ocorreram seis casos, mas sem óbitos.

O Maranhão está na lista dos 19 estados com transmissão ativa de sarampo, que é quando há casos confirmados. Por isso, a orientação é que as secretarias de saúde façam uma busca das crianças não vacinadas por meio dos agentes de saúde.

“O Ministério da Saúde está com três sistemas sendo utilizados na rotina, onde nesse painel de vacinação ainda temos apenas 68% da cobertura. Estamos esperando que a atualização do sistema esses dados aparecem atualizados”, declarou a coordenadora de imunização em São Luís, Charlene Luzo.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração