segunda-feira, 30 de setembro de 2019

MA 10


A Polícia Federal divulgou nesta segunda-feira (30) vídeo de assassinato, ocorrido em junho na cidade de Imperatriz, que motivou investigações da Operação Letum, deflagrada nos estados do Maranhão, Tocantins e Mato Grosso do Sul na última semana.

Segundo as investigações um grupo criminoso, além de traficar drogas e armas, tinha um setor responsável por planejar mortes de policiais, agentes penitenciários e integrantes de facções inimigas. A quadrilha agia, principalmente, na região de Tocantina. A Operação Letum levou à identificação de um braço da organização criminosa responsável por eliminar rivais. Os investigadores identificaram aproximadamente 20 casos de homicídios cometidos pelo grupo. Veja:

 OPERAÇÃO
Cerca de 100 policiais federais cumpriram 30 mandados de prisão preventiva e 25 de busca e apreensão nas cidades de São Luís, Vitória do Mearim e Imperatriz, no Maranhão; Palmas, no Tocantins; e Dourados e Três Lagoas, em Mato Grosso do Sul. As ordens judiciais foram emitidas pela 1ª Vara Criminal da capital maranhense. Segundo a PF, o nome da operação, Letum, faz referência à personificação da morte na mitologia romana.
Confira a reportagem exibida na última sexta-feira (27), no Jornal da Difusora, sobre a Operação Letum:

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração