quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Em seu corpo, há sinais de perfuração por arma de fogo. A perícia está trabalhando para apontar a causa da morte.


O suspeito de um feminicídio, identificado como Vilson de Sousa Marinho, foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (18), na zona rural do município de Estreito. Em seu corpo, há sinais de perfuração por arma de fogo. A perícia está trabalhando para apontar a causa da morte.

Vilson Marinho é suspeito de ter assassinado a esposa no último domingo (15), após um desentendimento. O feminicídio aconteceu na residência do casal. O suspeito matou a esposa, identificada como Dayara Maia Ferreira Lima, a tiros na frente do filho casal, de sete anos.

Desde o dia do crime, Vilson estava foragido e sendo procurado pela polícia. De acordo com relatos de parente da vítima, na manhã desta quarta-feira, ele apareceu na casa do pai de Dayara, e teria dito ao ex-sogro que pretendia se matar. O caso vai ser investigado pela polícia.

Vilson e Dayara viviam juntos há 13 anos. Quando eles começaram o relacionamento, Dayara tinha apenas 13 anos. O casal, segundo a família da vítima, mantinha um relacionamento conturbado. Eles tiveram apenas um filho que, após a morte da mãe, foi deixado com parentes pelo pai antes de fugir.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração