quinta-feira, 1 de agosto de 2019


Um crime bárbaro chocou a população de Tutóia no Maranhão, um bebê de um mês de vida foi vítima de abuso sexual e morreu. O crime foi constatado após exames.

A pequena Vitória vivia em uma casa muito humilde, sem portas e janelas, com o pai, Joel Cabral da Silva, a mãe dele, o padrasto e três irmãos adultos.

A casa onde mora a família não tem portas nem janelas. Foto: Reprodução

Após ser socorrida porque passou mal, a criança passou por exames e foram constatadas lesões na região anal e vaginal. A polícia está investigando o caso.

O pai chegou a ser preso suspeito do crime, mas foi liberado por falta de provas. Ele nega que tenha praticado a ação contra a bebê. Todos os moradores da casa onde a criança vivia estão sendo ouvidos.

O caso também está sendo acompanhado pelo O Ministério Público do Tutória. O Conselho Tutelar visitou a família e não constatou anormalidade.

A mãe da criança, Joana D’árc Rocha da Silva, de 20 anos, morreu por complicações no parto no dia 12 de junho. A família materna espera que o caso seja solucionado e o autor do estupro preso.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração