terça-feira, 9 de abril de 2019

A prefeita de Santa Luzia, Francilene Paixão, conhecida como França Paixão, tem recorrido a todos os meios na tentativa de permanecer no cargo. A gestora anunciou, por meio do aplicativo de mensagem WhastApp, uma decisão antes de ser proferida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA).

O Blog teve acesso a conversa reveladora entre França e um de seus aliados.

No diálogo, França Paixão garante que a sua permanência no cargo está certa e que para isso fez um esforço grande para convencer desembargadores a deixá-la a frente da Prefeitura. “Tivemos que fazer um esforço muito grande para conseguir convencer os desembargadores, mas agora creio que está tudo certo e terça feira vamos sair vitoriosos dessa guerra.”

Nesta terça-feira (9), a Corte Eleitoral irá julgar os embargos protocolados pela defesa da prefeita de Santa Luzia, que vem tendo perdas sucessivas na Justiça.

França enfrenta um processo eleitoral desde que assumiu o comando da cidade pelos crime de compra de votos e outras irregularidades. A ação pede a cassação da prefeita e do vice, bem como a inelegibilidade de ambos.

O Blog entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da presidência do Tribunal Regional Eleitoral, mas até o momento não obteve respostas.

A assessoria da prefeita França Paixão emitiu de nota de esclarecimentos sobre a matéria. Leia abaixo:

“A prefeita municipal foi surpreendida com a gravíssima insinuação divulgada neste veículo de comunicação, que, sem atentar a verdade dos fatos e através de montagem grotesca, publicou notícia falsa, também denominada FAKE NEWS, com a espúria intenção de camuflar a divulgação, por diversos meios de comunicação, de mensagem do aplicativo whatsapp, na qual conhecido ex- Deputado teria afirmado que gastaria seu último recurso para cassá-la no Tribunal Regional Eleitoral.

A Prefeita esclarece que exerce a Chefia do Poder Executivo Municipal cumprindo com vigor e honestidade a função a si confiada pelos santa-luzienses, atuando sempre em atenção ao interesse público, tomando todas as medidas necessárias para a regularidade dos serviços públicos prestados à população local.

A prefeita noticiará, ainda hoje, o fato às autoridades policiais para fins de abertura de inquérito policial, ao passo em que reafirma seu respeito ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, repelindo, com veemência, as insinuações maledicentes e mentirosas sobre o referido julgamento, feitas com a clara intenção de lhe constranger às vésperas do julgamento, pelas quais responderá o subscritor (e os mandantes) no foro próprio.

Esclarecida a realidade dos fatos, requer-se, pois, a publicação na forma da lei.”

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração