sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019



Não é de hoje que a saúde de Amapá do Maranhão é tratada com descaso pelos governantes, mas o problema tem se propagado durante a gestão atual de forma alarmante.

Só pra se ter uma ideia da precariedade em que se encontram os postos de saúde do município, uma idosa que precisou optar pelo serviço pra garantir um curativo em um corte no pé precisou comprar os itens básicos em uma farmácia, pois na Unidade Básica de Saúde (Ivete da Silva Lemos) não tinha nem sequer o básico no estoque da farmácia. 

Acompanhada do filho, a idosa se deslocou várias vezes ao estabelecimento sempre ouvindo um não até que mesmo indignado o rapaz resolveu procurar uma farmácia e comprar o material. 

Enquanto a gestão Tate do Ademar não usar os recursos públicos da forma como devem ser empregados, situações como essa podem continuar a acontecer, já que a passividade do Ministério Público em pequenas cidades do Maranhão é outro fator que agrava a situação.

Enquanto isso a saúde na cidade de Amapá do Maranhão estará na UTI.

Do cidadedeverdade com edição Neto Weba

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração