quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Buracos e falta de sinalização em alguns pontos da BR 316 têm gerado reclamações. Os problemas começam logo nos primeiros quilômetros da via, próximo à Junco do Maranhão. Nos dois sentidos, os buracos tomam conta da via. No local, o fluxo de veículos pesados é intenso. 


Para desviar da buraqueira, alguns motoristas arriscam pegar o acostamento da BR. E, nessa tentativa, ônibus e carretas por pouco não colidem. 

A rodovia é cheia de remendos, não tem mais encostamento devido a quantidade de buracos e nenhuma fiscalização de trânsito. Outro ponto crítico da BR 316 está entre , Junco do Maranhão e Governador Nunes Freire. Os motoristas precisam reduzir a velocidade para conseguir passar pelos buracos que já ocupam maior parte do trecho e, no período de chuvas intensas, ficam cobertos de lama. 

Já quem precisa trafegar de moto pelo local também faz malabarismos para desviar da buraqueira e dos carros. “É horrível passar aqui. Se a gente vai desviar da lama, o carro bate. Se for desviar do carro, enfia a moto no buraco.Destacou André Antunes ao Blog. 

Um vídeo enviado a redação mostra a triste situação  da BR 316 e a omissão do DNIT.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração