sexta-feira, 10 de agosto de 2018


A candidata da oligarquia continua colecionando derrota na Justiça Eleitoral. Na quinta–feira (9) o Tribunal Regional Eleitoral condenou a candidata Roseana Sarney (MDB) por conduta vedada por ser beneficiada por publicidade paga pela Prefeitura de Barreirinhas.

Conforme a decisão do desembargador José de Ribamar Castro, “restou configurada a prática de conduta vedada, porquanto restou notabilizada a utilização de recursos públicos para, a pretexto de disseminar uma mensagem institucional de caráter informativo, manifestar apoio a pré-candidatura”.

Primo de Roseana Sarney, o prefeito de Barreirinhas, Albérico Filho, sobrinho do velho Sarney, sem menor cerimônia, bancou publicidade custeada com dinheiro público para propalar uma visita da candidata ao município, portal de entrada dos Lençóis Maranhense.

A decisão do TRE-MA, em caráter liminar, foi motivada por uma ação do PCdoB, que solicitou a imediata retirada da postagem do Facebook da Prefeitura de Barreirinhas, sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil.

Fonte Jorge Vieira

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração