segunda-feira, 7 de maio de 2018

O delegado federal Davi Farias de Aragão (Foto) foi assassinado na noite deste sábado (5) na praia do Meio, bairro de Araçagi, onde comemorava o aniversário de uma de suas filhas. Segundo nota da PF, o crime ocorreu após um assalto a sua residência. Mas as investigações seguem para verificar se o crime tem alguma relação com a atuação do policial.

O delegado de 36 anos estava na Polícia Federal há mais de doze anos e coordenou várias operações policiais de combate ao crime. Atualmente chefiava a Delegacia de Repressão aos Crimes Fazendários.

Durante o aniversário da filha, o local foi invadido por três criminosos. Aragão teria reagido e iniciado uma luta corporal com os criminosos. Além dos tiros, o policial recebeu três facadas na região do abdômen.

Em nota, a Polícia federal do Maranhão decretou luto de três dias e enalteceu o trabalho de David na corporação. “A Polícia Federal continuará envidando todos os esforços possíveis para colaborar na elucidação dos fatos e prisão dos criminosos, solidarizando-se com familiares, amigos e colegas de trabalho, lamentando profundamente o triste episódio que retirou, de forma precoce, a vida do policial que deixará imensa saudade no nosso convívio”.

A Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF) se solidarizou com a família de Aragão e disse que o policial foi mais uma vitima da violência. “O Delegado Federal David Aragão é mais uma vítima da violência que aflige toda a sociedade brasileira, em que os profissionais de segurança vem se tornando alvos preferenciais. A ADPF está acompanhando o caso com atenção para que os criminosos sejam capturados, julgados e punidos com todo o rigor da lei”, diz a nota.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog