segunda-feira, 16 de abril de 2018

Fesma atende paciente em Trizidela do Vale.
Segundo levantamento da Defesa Civil do Estado, são 20 municípios atingidos pelas fortes chuvas, sendo que 11 decretaram estado de emergência e seis estão em alerta. Totalizam 8.877 pessoas afetadas, em situação de desabrigo ou desalojamento. Os danos incluem habitações danificadas ou destruídas; prédios públicos, ruas e obras de infraestrutura prejudicadas. O comitê emergencial, criado pelo Governo do Estado, prossegue em diálogo com as prefeituras para atender as demandas prioritárias das comunidades.

A Defesa aponta que as chuvas provocaram inundações nas cidades de Pedreiras, Trizidela, Caxias, Presidente Vargas, São João do Sóter, Codó, São Luís Gonzaga e Formosa da Serra Negra; em Lago dos Rodrigues, Bacabal, Imperatriz e Tuntum, moradores foram surpreendidos por alagamentos; e em Marajá do Sena e Brejo, os prejuízos foram causados pelas enxurradas.

Permanecem em estado de alerta as cidades de Rosário, Timbiras, Cantanhede, Nina Rodrigues, Paulino Neves e Araioses. Os primeiros problemas com as chuvas foram identificados na cidade de Lago dos Rodrigues, em fevereiro, segundo levantamento da Defesa. Aos municípios que já decretaram situação de emergência, o Governo envia cestas básicas de alimentos, roupas, colchonetes, filtros e água, entre outros mantimentos. Já foram distribuídos cerca de 1,9 mil itens.

Maranhenses e equipes do Governo se unem para ajudar
atingidos pelas chuvas.

Equipes da Defesa, Corpo de Bombeiros e prefeituras realizam levantamento das situações para avaliar a concessão dos recursos do Cheque Minha Casa às famílias. O valor pode chegar a R$ 5 mil para ser utilizado na compra de utensílios, eletrodomésticos e outros itens, dependendo das perdas. Com as ações do Mais Asfalto serão recuperadas ruas e avenidas danificadas pelas águas.

“As solicitações estão chegando e a gestão atendendo de pronto, com a maior brevidade possível e tentando, junto às prefeituras, minimizar os danos causados pelas chuvas. É um momento delicado para os milhares de pessoas que tiveram sua rotina alterada e para as quais a gestão estadual vem prestando todo o apoio”, reforça o coordenador da Defesa Civil, coronel Izaac Muniz Matos. 

O suporte do Governo do Estado conta ainda com efetivo do Corpo de Bombeiros, Centro Tático Aéreo (CTA) e apoio das secretarias estaduais para atendimento às populações.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog