quinta-feira, 15 de março de 2018


Destaque absoluto no noticiário político após anunciar o rompimento com o governador Flávio Dino, o deputado federal soltou o verbo na semana passada falando sobre o rompimento, criticando o governo Flávio e sentando com políticos que se intitulam “terceira via”.

Mas esta semana o deputado ficou recluso das discussões políticas, ainda maturando o que fazer na atual situação. Zé Reinaldo tem consciência de que fez uma jogada errada e chegou ao ponto de não retorno. Alguns dinistas ainda tentaram demover Zé Reinaldo da ideia de deixar o grupo, ele chegou a balançar com a possibilidade, mas a entrevista de do ex-governador ao jornal O Estado do Maranhão, na qual ele deu declarações pesadas contra o ex-aliado, fez com o que o próprio Flávio não queira mais saber de volta. Foi o ápice do fim da relação.

E Zé Reinaldo ficou sem rumo. Antes do rompimento, o ex-governador estava a um passo de ser declarado candidato a senador de Flávio. Agora, está sem espaço eleitoral. Zé tentou  articular aliança com Eduardo Braide e Roberto Rocha sem muita empolgação do deputado estadual e do senador. Roberto é pré-candidato a senador e não abre mão do posto. Os principais pupilos de Reinaldo, os irmãos Macedo, já trataram de sair à francesa. O ex-prefeito de Dom Pedro, Hernando Macedo, ficou no PCdoB, e o deputado estadual Fábio Macedo, fez juras de amor ao PDT e permanece na base aliada de Flávio Dino.

Sem saber como lidar com a armadilha que criou para si mesmo, Zé Reinaldo já fala aos mais próximos em ser candidato a governador.


0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog