sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018


Capacitar os profissionais que irão atuar nos 25 novos Centros de Educa Mais e, ao mesmo tempo, fortalecer o processo de implantação da política educacional de Tempo Integral da Rede Estadual de Ensino, iniciada no ano passado no Maranhão. Com estes objetivos, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), realiza, de 19 (segunda-feira) a 23 (sexta-feira), a formação continuada de Gestores e Professores da Educação Integrada.

No total, participam da formação cerca 550 cursistas dos 24 municípios do Estado onde serão implantados os novos Centros Educa Mais. A formação visa proporcionar aos gestores e professores da Educação em Tempo Integral maior conhecimento sobre as bases teóricas e metodológicas da Escola da Escolha. 

A formação será conduzida pela Seduc, por intermédio do Programa de Educação Integral (Proein), em parceria com o Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE) e a UFMA. 

Durante os cinco dias de formação serão trabalhados os modelos pedagógicos e de gestão da Escola em Tempo Integral, com abordagens de temas como: protagonismo juvenil; modelo de Escola da Escolha e a metodologia das escolas em tempo integral, nas quais as disciplinas são integradas e integradoras. 

“O primeiro ano de implantação da educação integral, com os 11 Centros Educa Mais, foi de muito aprendizado, não só para os alunos, mas para toda a equipe Seduc envolvida nesse processo. Vimos o envolvimento de toda a comunidade escolar e os resultados já começaram a aparecer. Este ano não será diferente. Por isso queremos contar com a participação e o envolvimento dos nossos gestores, desde a formação, que é um momento muito importante neste processo de implantação e fortalecimento dos Centros”, destacou o secretário Felipe Camarão.

Educa Mais no Maranhão 

Os Centros Educa Mais integram o Programa Escola Digna, que visa consolidar ações educativas objetivando a execução de políticas educacionais condizentes às orientações do Plano Nacional de Educação. E fazem parte da política educacional do Governo do Maranhão, que tem foco na melhoria da qualidade da educação no estado. 

A política educacional de Tempo Integral da Rede Estadual, considerando o Projeto de Vida dos estudantes e o protagonismo juvenil como base da proposta pedagógica, fomenta um projeto educacional que visa a formação holística dos estudantes na perspectiva do atendimento em tempo integral. Essa metodologia foi implementada com sucesso em diversos centros escolares pelo país, inclusive no Maranhão, onde no ano passado foram implantados os primeiros Centros Educa Mais, em São Luís (6), São José de Ribamar (1), Alcântara (1), Santa Inês (1), São Bento (1) e Timon (1).

Este ano, os 25 novos Centros Educa Mais que estão sendo implantados são: C.E. Professora Dayse Galvão de Sousa, C.E. Dr João Bacelar Portela, C.E. Y Bacanga, C.E. Menino Jesus De Praga, C.E. Gonçalves Dias, C.E. Estefânia Rosa da Silva, C.E. João Francisco Lisboa (São Luís), C.E. Olindina Nunes Freire (Pedreiras), C.E. Lourenco Antônio Galletti (Açailândia), C.E. Aluísio Azevedo (Caxias), C.E. Tancredo de Almeida Neves (Imperatriz), C.E. Deputado Remy Soares (Presidente Dutra), C.E. Raimundo Araújo (Chapadinha), C.E. Dom Hamleto de Angelis (Viana), C.E. Itapecuru Mirim (Itapecuru Mirim), C.E. Domingos Vieira Filho (Paço do Lumiar), C.E. Padre Fabio Bertagnolli (Balsas), C.E. Sertão Maranhense (Carolina), C.E. Hermano Jose Leopoldino Filho (Coroatá), C.E. Dom Ungarelli (Pinheiro), C.E. Antônio Reinaldo Porto (Passagem Franca), C.E. Amaral Raposo (Grajaú), C.E. Josélia Almeida Ramos (São João dos Patos), C.E. Dom Marcelino de Milão (Barra do Corda) e C.E. Nelson Serejo de Carvalho Cema (Zé Doca).

Com os novos Centros Educa Mais, mais de 10 mil alunos da rede estadual de ensino serão beneficiados, este ano, com Educação Integral, no Maranhão.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog