quarta-feira, 6 de setembro de 2017



Os participantes da 3ª edição do Cidadão do Mundo, programa do Governo do Estado, coordenado pela secretaria de estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), deram mais um passo em direção à experiência de intercâmbio nesta quarta-feira (06). Eles receberam das mãos do secretário Davi Telles (Secti) as chaves de acesso à plataforma de idiomas para estudos.

Durante três meses, os 80 jovens participantes da edição 2017 do Cidadão do Mundo, alunos egressos da rede pública de ensino e de instituições de ensino vinculadas a entidades paraestatais, vão ter acesso às aulas de idiomas (inglês, francês ou espanhol), mais uma etapa preparatória para o intercâmbio nos países: Canadá, África do Sul, Espanha, e Estados Unidos.

Além do secretário Davi Telles, participaram da reunião a coordenadora do programa Fabiana Moura, e o secretário adjunto da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Pedro Igor Nascimento. Na ocasião, os representantes da secretaria conversaram com os jovens sobre as expectativas para o intercâmbio e os desafios que eles irão enfrentar fora do país.

“O objetivo maior desse programa é combater as desigualdades, é dar oportunidades iguais aos universitários maranhenses. O que queremos é que nossos estudantes viajem tenham novas experiências e ao voltarem compartilhem estas experiências com os demais”, ressaltou o secretário Davi Telles que teve um bate-papo descontraído com os alunos.

A coordenadora do Cidadão do Mundo, Fabiana Moura lembrou que além das aulas de idiomas, durante o intercâmbio os alunos poderão realizar atividades extracurriculares. “O foco dos estudantes será as aulas, mas eles também poderão desenvolver atividades extracurriculares que não envolvam trabalho remunerado, o objetivo é que eles aproveitem a experiência o máximo possível para dominar o idioma”, frisou.

Isael Coelho Correia vai para Toronto e para ele o intercâmbio é uma oportunidade única de ser multiplicador do conhecimento. “Confesso que achei que essa oportunidade de conhecer e estudar em outro país era para poucos, mas descobri que não. Minha expectativa é a melhor possível para aprimorar o conhecimento que já tenho do inglês e também de multiplicar esse conhecimento e experiência cultural com outras pessoas aqui no Maranhão, essa será nossa responsabilidade após essa experiência”. Cidadão do Mundo
Em 2017 foram selecionados 80 jovens para receber bolsas de estudos para realizar cursos de idioma no exterior. O embarque dos estudantes deve iniciar ainda no mês de setembro.

Após a realização do intercâmbio, os estudantes deverão apresentar produção escrita sobre a experiência, pré-requisito para a certificação dos participantes no Programa.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

SuperSportingBet

SuperSportingBet

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog