terça-feira, 27 de junho de 2017


Apostando no potencial apícola da região do Litoral Oeste Maranhense, um grupo de 16 produtores de Luís Domingues, está se organizando para ingressar na atividade. A maioria vislumbra na apicultura, uma possibilidade de trabalho e melhoria de vida e para isso, o primeiro passo dado foi buscar aprender o manejo correto dos apiários, por meio de capacitações oferecidas pelo Sebrae, que proporciona cursos e oficinas sobre a atividade, por intermédio do Projeto Desenvolvimento Econômico Territorial-DET, atualmente com ações em cinco municípios do Litoral Oeste Maranhense. 

Nesse sentido, recentemente, a unidade regional do Sebrae em Santa Inês, ofereceu o Curso Básico de Apicultura, que é uma ferramenta para auxiliar o trabalho dos empreendedores desse segmento, tratando de assuntos importantes para conduzir a atividade de forma correta. Manejo reprodutivo, sanitário e genético das abelhas, são temas detalhados aos participantes, que na ocasião podem tirar dúvidas e trocar experiências com outros empreendedores da área. 

De acordo com o gestor de projetos do Sebrae e que está a frente das ações do DET no município, Adalberto Fraga, a região tem muito a contribuir com o mercado apícola do estado. “Luís Domingues se apresenta com um grande potencial para a produção de mel e pólen e o papel do Sebrae é fazer com que esses apicultores que já estão na atividade ou os que pretendem investir na área, comecem a se inserir no processo produtivo de mel como profissionais, e para isso foi dado o primeiro passo com a capacitação básica. Esperamos que em curto espaço de tempo eles possam estar aplicando novas tecnologias de produção e acessando novos mercados”, conclui Fraga. 

Para José Luciano Nazaré de Sousa, presidente da Associação dos Apicultores de Luís Domingues, que atualmente conta com 23 associados, e uma produção anual de 12 a 15 toneladas de mel, o cenário atual é animador. Ele afirma que o município tem potencial, basta os empreendedores fazerem a coisa certa para se fortalecerem no mercado. Jóse, esteve presente durante os três dias de curso e é um dos incentivadores dos produtores locais. 

“A parceria com o Sebrae aumenta a nossa perspectiva de sucesso, com as capacitações e acompanhamento de especialistas junto a nossos produtores, eles vão aprender a fazer o manejo correto e consequentemente aumentar a produção e a lucratividade que é o nosso objetivo”, pontua Luciano. 

Sebrae na Apicultura- Entre 2003 e 2008, o Sebrae trabalhou com os apicultores de municípios como Santa Luzia do Paruá e Junco do Maranhão o que ajudou a alavancar a produção de mel do Alto Turi, possibilitando aos empreendedores do seguimento participar de capacitações e missões técnicas até mesmo fora do estado, com o intuito de melhorar a produção apícola da região, o que proporcionou um salto significativo na quantidade e qualidade do produto. Dando continuidade a essas ações de incentivo a atividade apícola no estado, o Sebrae tem atuado de forma efetiva também junto a produtores do Litoral Oeste Maranhense. 


0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Twitter

A Marca do Sucesso

A Marca do Sucesso
JB Empreendimentos

Rádio do seu Coração

Arquivo do Blog do Weba