sábado, 13 de maio de 2017


A Secretaria Municipal de Carutapera realizou um café da manhã em homenagem ao dia do Enfermeiro comemorado no dia 12 de maio. O evento foi organizado pela equipe de saúde do município no objetivo de agradecer os esforços e dedicação dos trabalhadores da enfermagem.

A secretária municipal de Saúde, Maria Lucia Mota Rickmann agradeceu a todos os enfermeiros e enfermeiras do município e os parceiros pela dedicação nas unidades de saúde e nas visitas que realizam diariamente as residências em busca de ajudar e cuidar junto com as equipes medica da população.

A equipe de enfermagem representada no café da manhã, agradeceu o prefeito André Dourado pela a homenagem e a valorização profissional “É a equipe que faz a diferença em cada atendimento e procedimento junto ao paciente, o prefeito tem se dedicado demais na saúde”.

O Prefeito André Dourado está sempre buscando melhorias nas estruturas para dar mais atenção aos profissionais de enfermagem e ao cidadão Carutaperense.

Os demais funcionários de saúde do município parabenizaram a classe pela dedicação que tem ao exercer os serviços à população.




História do dia dos enfermeiros

Neste dia, é feita uma homenagem mundial a Florence Nightingale, considerada a fundadora da enfermagem moderna. Florence nasceu em 12 de maio de 1820, em Florença, Itália. Em 1844, foi para Roma, para aprender a cuidar dos enfermos nas irmandades católicas. Terminados os estudos, julgou insuficientes seus conhecimentos e decidiu continuar estudando. Foi para Dublin, Irlanda, para trabalhar em um hospital dirigido pelas Irmãs de Misericórdia da Ordem Católica de Enfermeiras.

A partir daí, sua atuação foi intensa e incessante junto dos desvalidos; atuou em guerras e em diversas enfermarias. Em 1860, fundou a primeira escola de enfermagem do mundo, em um hospital inglês. Para realizar essa obra, utilizou um prêmio que recebera do governo inglês pela sua dedicação aos feridos de guerra. Florence trabalhou até os últimos dias de vida, vindo a falecer na Inglaterra, aos 80 anos.

A principal tarefa do enfermeiro é assistir os doentes, com o objetivo de promover sua recuperação. O enfermeiro é um auxiliar direto do médico e cuida dos pacientes internados em hospitais, clínicas ou nas residências. Ele é também treinado para observar clinicamente cada doente, relatando mudanças do seu estado de saúde.

Os enfermeiros se organizam hierarquicamente. O enfermeiro-chefe, de formação superior, gerencia os técnicos em enfermagem, além de controlar o uso do material médico-hospitalar, seguindo a prescrição médica.

No Brasil, os primeiros enfermeiros foram os padres jesuítas que atuaram nas Santas Casas de Misericórdia, desde 1540. Depois de três séculos, chegaram ao país as primeiras irmãs de caridade enfermeiras. Mas o grande incentivo para a classe chegou com a primeira enfermeira voluntária, Ana Nery, que aos 51 anos serviu como enfermeira na Guerra do Paraguai. Com a criação da Cruz Vermelha Brasileira, a profissão ganhou mais fôlego, culminando com a Escola de Enfermagem Ana Nery, fundada e mantida por essa organização e ser declarada “escola-padrão” em 1938.

O Dia do Enfermeiro foi adotado no Brasil por meio do decreto no 2.956, de 10/8/1938, assinado pelo presidente Getúlio Vargas. Além dessa data, a profissão também é homenageada na Semana Brasileira de Enfermagem, de 12 a 20 de maio, quando os Conselhos Regionais de Enfermagem promovem encontros, palestras e outras atividades, de acordo com o decreto no 48.202, de 12/5/1960, assinado pelo presidente Juscelino Kubitschek.

Um comentário:

  1. A caminhada da paz foi muito mais significante! Faz uma materia aí, blogueiro.

    ResponderExcluir

Nova Rádio Timbira

SuperSportingBet

SuperSportingBet

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog