quarta-feira, 22 de março de 2017

(Foto: Divulgação/Secom)

Uma criança de apenas 11 anos - do sexo masculino - morreu de febre amarela em uma comunidade localizada na zona rural de Alenquer, próxima ao Ramal do Escondido. A informação foi confirmada, nesta quarta-feira (22), pela Secretaria de Estado de Saúde Publica (Sespa). 

O óbito ocorreu na quinta-feira (16). Esse é o primeiro caso confirmado de morte por febre amarela em humanos, em 2017, segunda a Sespa. 

De acordo com a Sespa, ações de prevenção à doença em humanos são contínuas juntamente com os municípios paraenses, principalmente nas áreas rurais, locais mais propícios para a incidência da doença. Neste ano, foram registrados cinco óbitos de Primatas Não Humanos (PNH - macacos) no Estado: Alenquer (1), Belém (1), Marituba (1), e Rurópolis (2).

Desde que esses casos foram confirmados, a Sespa intensificou imediatamente as ações naquela localidade, incluisive com reforço de mais doses de vacinas.

A Sespa garante ainda que medidas emergenciais estão sendo tomadas para conter a doença no município de Alenquer. “Ainda nesta semana as equipes que estão em campo receberão reforço do Estado, inclusive com o apoio do Instituto Evandro Chagas (IEC).


Um Plano de Contingência na região Oeste do Pará está em andamento para intensificar as ações. As ações serão divididas em controle endêmico; manejo clínico; imunização (de imediato, serão entregues mais 20 mil doses da vacina para o município) e educação em Saúde.”, afirma a nota.

Durante coletiva nesta quarta-feira (22), a Sespa informou que uma criança de 10 anos também morreu com suspeita de febre amarela em Alenquer. O resultado do exame que irá confirmar a causa da morte deve sair até sexta-feira (24).

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

A Marca do Sucesso

A Marca do Sucesso

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog