segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Projeto ligará São Luis á Icatu.O percurso vai demorar uma hora a menos,desafogando a BR-135


Um projeto visa ampliar os serviços de ferryboats no Maranhão,que hoje compreende os terminais de Ponta da espera (São Luis) e Cujupe (Alcântara). Inicialmente, a proposta para o transporte aquaviário previa a conexão entre São José de Ribamar e Icatu,porém a costa marítima  da Zona Rural de São Luis apresentou melhores condições de navegabilidade.

Concebido a mais de um ano,o novo sistema vai ligar,por mar, São Luis a Icatu e á região do Munim,com transporte de Ferryboats.O percurso demora uma hora a menos,desafoga a BR-135 e aumenta o fluxo para Barreirinhas e demais município da rota das emoções. O projeto de inciativa do Governo do Estado,por meio da Agência Estadual de Transporte e Mobilidade Urbana (MOB),cria atracadouros,com rampa e abrigo para passageiros,nos dois pontos que conectarão São Luis ao município de Icatu.

Estudos de viabilidade técnica apontaram que a melhor opção para instalação do atracadouro em São Luis seria na Baía da Zona Rural,considerando os critérios de localização geográfica e profundidade do canal. "A idéia era fazer a ligações de São José de Ribamar a Icatu,mais as condições de navegabilidade não seriam boas.Então,será feito em São Luis, de Arraial/Quebra-Pote até Icatu,que apresenta boa profundidade  e as condições de maré são mais adequadas",afirmou o presidente da MOB,Artur Cabral.

Atracadouro  Icatu

 Em Icatu, o atracadouro ficará localizado no povoado de Santa Maria, a 22 km da sede,localidade do marco inicial da colonização portuguesa no Maranhão. A travessia de São Luis a Icatu também deverá proporcionar diminuição no tempo de viagem para Barreirinhas. O projeto ajudará a impulsionar o desenvolvimento econômico do Polo do Munim,que integrará o roteiro complementar da Rota das Emoções,que vai de Barreirinhas (Maranhão),passando por Parnaíba (Piauí) até chegar em Jericoacoara (Ceará).
De acordo com o presidente da MOB,Artur Cabral,parte dos estudos de engenharia já foi concluída. "Estamos finalizando a engenharia para viabilizar o acesso para os dois lados.A parte de maré,profundidade e correnteza já foram concluídas. Os estudos de engenharia de acesso terrestre que envolve rampa e terminais de passageiros estão em andamento",informou.
Após a conclusão da etapa de engenharia,será feita uma convocação pública para o recebimento de propostas para o serviço de ferryboats.O Governo do Estado oferecerá como contrapartida de investimento o acesso de embarque e desembarque e as empresas ficarão responsáveis pelo investimento em embarcação e  atracagem.Segundo a MOB depois de finalizada a última fase,o serviço deve entrar em operação no inicio do segundo semestre de 2017.

Ponta da Espera e Cujupe

Com viagens diárias nos terminais de passageiros de Ponta da Espera,em São Luis,e de Cujupe,no município de Alcântara,os ferryboats transportam passageiros,ônibus ,caminhões e veículos leves.O sistema atual de transporte de ferryboat liga a ilha de São Luis com a Baixada maranhense e coma região Norte do País.
A empresa maranhense de Administração Portuária (EMAP),responsável pela infraestrutura dos terminais,em parceria coma Agencia Estadual de Mobilidade Urbana,anunciou as melhorias para os terminais existentes.
A nova estrutura para o terminal de Cujupe,em Alcântara,contará com um posto da Policia Militar,lojas de conveniências,alojamento para funcionários,auditório,estacionamentos privativos,a inserção de mais uma rampa no sentido Sul,a duplicação na passarela no sentido Norte,sendo todas as áreas sinalizadas e adaptadas para receber pessoas com deficiência.
Em São Luis,o projeto do terminal da Ponta da Espera conta com área de vivência com salão de embarque,lanchonetes,banheiros e fraldário,acesso seguro para pessoas com mobilidade reduzida e WIFI.

A primeira fase do plano  de transformação do terminal do Cujupe (instalação de 365 metros de área coberta linear),entregue em dezembro,foi realizada com o objetivo de proteger usuários do sol e da chuva,ampliando o serviço de atendimento ao público.As passarelas são duplicadas,de modo de contemplar embarque e desembarque simultâneos. A ordem de serviço para inicio da segunda etapa,que vai erguer um novo terminal,será assinada ainda este mês. 

O Imparcial

0 comentários:

Postar um comentário

Governo do Estado

Governo do Maranhão

Facebook

Nova Rádio Timbira

A Marca do Sucesso

A Marca do Sucesso

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog