quarta-feira, 26 de abril de 2017

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Sinfra) lançou, nesta terça-feira (24), três editais de contratação de empresas para execução de serviços de manutenção nas MAs-234 (no trecho Chapadinha/ Pirangi, numa extensão de 204km), 106 (no trecho Porto Cujupe/ Governador Nunes Freire, numa extensão de 186km) e 401 (no trecho de Vitória do Mearim/ Três Marias, numa extensão de 151km). 


As obras nas MAs fazem parte do projeto do governador Flávio Dino de melhorar as rodovias e visa beneficiar as cidades da região do Baixo Parnaíba bem como da região de Chapadinha. Estas estradas têm um fluxo muito grande de veículos e a revitalização vai contribuir para o escoamento da produção local, além de garantir o direito de ir e vir da população. “O governador Flávio Dino tem feito um grande esforço para garantir o tráfego com segurança em nossas rodovias. Temos mais de 5.700 km de rodovias estaduais e estamos construindo mil quilômetros de novas rodovias. Além das construções, temos feitos esse trabalho de manutenção que, por conta da ausência de intervenções há décadas, foi perdendo o asfalto, e, por isso, temos feito um esforço para garantir o melhoramento, como é o caso desses três trechos que lançamos o edital”, destaca o secretário da Sinfra, Clayton Noleto. 


De acordo com Noleto, a previsão para início das obras é no segundo semestres deste ano. O secretário falou, ainda, dos investimentos em execução em todo o estado. “É um trabalho feito em todas as regiões. Temos ainda obras em construções, como por exemplo na região metropolitana de São Luís, onde estamos recapeando e aplicando microrevestimento nas MAs 201 (São José de Ribamar), 202 (estrada da Maioba). Essas rodovias também serão iluminadas, sinalizadas e com disciplinamento do canteiro central e já estão contribuindo para a melhoria na mobilidade urbana”, completou Noleto.


Processo de licitação


A licitação na modalidade concorrência do tipo menor preço acontece às 15h do dia 30 de maio, no auditório do Centro Administrativo do Estado do Maranhão, edifício Clodomir Millet, localizado na av. Jerônimo de Albuquerque, s/n, Callhau. Os interessados poderão consultar os anexos via site (www.sinfra.ma.gov.br/pregoes-online) ou diretamente do Centro Administrativo do Estado do Maranhão, das 14h às 18h, mediante a apresentação de mídia eletrônica (pendrive, cd, dvd ou outro). Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (98) 3218-8015 ou pelo e-mail: licitação@sinfra.ma.gov.br


Agência dos Correios em Brasília
Os trabalhadores dos Correios entrarão em greve por tempo indeterminado nesta quarta-feira (26) a partir das 22h. As ameaças de privatização e demissões, o fechamento de agências e o “desmonte fiscal” da empresa, com diminuição do lucro devido a repasses ao governo e patrocínios, são os principais motivos para a mobilização, segundo a Fentect (Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares).

A estatal afirma que teve prejuízos de R$ 2,1 bilhões em 2015 e R$ 2 bilhões no ano passado. Em dezembro do ano passado, foi anunciado um plano de demissão voluntária e o fechamento de agências para reduzir os gastos. Já a Federação alega que a receita tem crescido.

“O que tem acontecido é um plano de desmonte próprio da empresa, atacando a própria qualidade e universalização do serviço. Faz parte de um projeto privado com interesse de entrar no mercado”, disse a secretária de Imprensa da Fentect, Suzy Cristiny.

Segundo a entidade, a “privatização” coloca em risco o direito da população aos serviços dos Correios, já que a empresa tem fechado agências em cidades menos lucrativas. “Mais de 200 agências estão sendo fechadas por todo o Brasil. Com isso, muitos moradores do interior e das periferias vão ficar sem o atendimento bancário e postal dos Correios do Brasil”, informou a federação.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, tem dito que é contra privatizar os os Correios, mas que a empresa terá que fazer “cortes radicais” de gastos para evitar a privatização, já que o governo não socorrerá a empresa financeiramente.

CRÍTICAS DOS GREVISTAS

Além do fortalecimento de franqueados e o fechamento de agências próprias, o que, na opinião da federação, “esvazia os negócios da empresa para a iniciativa privada”, a Fentect critica os repasses da empresa ao governo federal acima do valor estabelecido. “Nos últimos anos, os Correios repassaram para o governo federal R$ 6 bilhões e, desse montante, R$ 3,9 bilhões foram acima do valor estabelecido legalmente, prejudicando as reservas financeiras e investimentos necessários para a modernização da empresa”, informou.

A entidade cita ainda o distrato de R$ 2,3 bilhões do Banco Postal com o Banco do Brasil e a destinação de R$ 300 milhões em patrocínios na Olimpíada e pede uma auditoria na contabilidade da empresa.

Os sindicatos de todo o país se reúnem nesta quarta para referendar a manifestação sobre a greve. As entidades e a empresa já promoveram mesas de negociação, mas, segundo a secretária, não houve avanços. Ela disse ainda que os trabalhadores dos Correios se unirão às manifestações marcadas para sexta-feira (28) contra as reformas trabalhista e da Previdência.

Além da mobilização pelo fortalecimento institucional dos Correios e universalização dos serviços, os trabalhadores reivindicam melhorias nas condições de trabalho, a contratação de novos funcionários, mais segurança nas agências, o retorno da entrega diária e o fim da suspensão de férias.

OUTRO LADO

Em nota, a empresa informou que, caso o movimento grevista seja deflagrado, os Correios adotarão as medidas necessárias para garantir a continuidade de todos os serviços. “Uma paralisação dos empregados neste momento delicado pelo qual passa a empresa é um ato de irresponsabilidade, uma vez que a direção está e sempre esteve aberta ao diálogo com as representações dos trabalhadores”, informou. Os Correios não se manifestaram sobre as reivindicações dos trabalhadores.

Fonte: Folha de São Paulo
Thayenny Soares de apenas 15 anos está desaparecida
A maranhense Krysllen Thayenny dos Reis Soares está desaparecida em Brasilia- Distrito Federal desde a noite desta terça feira (25). Krysllen têm apenas 15 anos de idade,é natural da cidade Carutapera, localizada á 563 km da capital São Luis. 

Segundo informações da família Krysllen teria saído da casa de uma amiga em Brasilia por volta das 21:50h de ontem, para retornar para sua casa,mais não chegou ao seu destino.

A jovem maranhense portava apenas o Passe Estudantil e a Carteirinha da Escola.

Em uma rede social a mãe de Krysllen diz está desesperada e que já chegou a desmaiar " Gente aqui é uma mãe desesperada [ ] Por favor quem souber de noticias sobre minha filha [ ] por favor não deixe de nos avisar. 

Ela é minha única filha mulher por favor. Ela saiu da casa da amiga dela,por volta das 21:50 para retornar para nossa casa e até agora nada da minha filha,estou muito mal,já desmaiei [ ] por favor me ajudem. desabafou Priscila .


Para qualquer informação a família entre em contato pelos Fones :(061) 3485_6369 ou (061) 99275_8252.




 O Setor de Merenda Escolar da Prefeitura Carutapera, foi abastecido nesta Quarta-Feira(26), após a conclusão do processo licitatório, a prefeitura abasteceu de forma eficiente pela segunda vez o deposito de merenda escolar, e a partir desta Quinta-Feira (27), a merenda será distribuída nas Escolas da Rede Pública Municipal de Ensino.


A Secretária Municipal de Educação, Professora Nadja Destacou " Recebemos hoje, no depósito de Merenda Escolar, uma merenda de qualidade para que a partir de amanhã seja distribuídas na Escolas, informados que como determina as resoluções do MEC, temos a Nutricionista da Educação que orienta e elabora o cardápio, capacita as copeiras e merendeiras das escolas para preparar de forma eficiente uma merenda de qualidade, nutritiva e deliciosa aos alunos de nosso município. 

A merenda chegará a todas as escolas da sede e zona rural. Queremos enfatizar o empenho e esforço do prefeito André Dourado para que a rede municipal de educação de Carutapera tivesse uma merenda de verdade."

Melhorias no cardápio, acompanhamento de nutricionistas e compra de alimentos de qualidade foram exigências adotadas pela nova gestão. Para o Prefeito André Dourado é extremamente importante que os alunos recebam merenda escolar de qualidade, saborosa e nutritiva, pois contribui para o desenvolvimento e melhoria da qualidade de ensino escolar.


Com essa nova realidade a rede pública municipal de ensino vai contar com um alimento saudável e que é destinado integralmente para nutrir os alunos.


O juiz da 51ª Zona Eleitoral, Isaac Diego Silva, cassou os diplomas do prefeito e o vice-prefeito de Magalhães de Almeida, Tadeu de Jesus Batista de Sousa (PMDB) e Francisco das Chagas Vieira (PP), por abuso de poder político e econômico praticados durante a eleição de 2016.

Além da cassação, os gestores foram tornados inelegíveis por 8 anos e terão que pagar multa de mais de R$ 55 mil.

O vereador Antônio Castro também teve o diploma cassado e foi punido com inelegibilidade.

A Justiça Eleitoral deverá promover novas eleições no município, uma vez que o prefeito foi eleito com mais de 50% dos votos válidos.
Novo CRAS de Nova Olinda -MA - Foto Divulgação

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), entregou nesta terça-feira (25), dois Centros de Referencia de Assistência Social (CRAS) nos municípios de Centro do Guilherme e Nova Olinda. Com investimento de R$ 395 mil reais na construção por unidade, os equipamentos foram entregues mobiliados e prontos para serem executados pelos gestores de cada município e atenderão uma média de mil famílias por ano, nos dois municípios, possibilitando o enfrentamento das injustiças sociais, da violência e das desigualdades.

Em Centro do Guilherme, 2.500 estudantes são beneficiados atualmente com o programa Bolsa Escola, que concede crédito para compra de material escolar a crianças e adolescentes matriculados na rede pública estadual. Com o novo CRAS, as famílias beneficiadas vão ter um local de referência para atendimento a cerca deste e de outros programas sociais.

O subsecretario de Desenvolvimento Social, Francisco Oliveira Júnior, explicou que por meio do CRAS, a proteção social da assistência social se territorializa e se aproxima da população em vulnerabilidades social. "O CRAS reconhece a existência das desigualdades sociais interurbanas e a importância da presença das políticas sociais para reduzir essas desigualdades. Além disso, previne situações de vulnerabilidade e risco social, identificam e estimulam as potencialidades locais, modificando a qualidade de vida das famílias que vivem nas localidades." 

De acordo com o prefeito de Centro do Guilherme, José de Dário, o novo prédio do CRAS só tem a somar com a política de assistência social do município. “Nosso município precisa muito da efetiva execução das políticas assistenciais. Ficamos felizes com o olhar do
 governo sobre a nossa cidade, e certos de que com o novo CRAS os serviços serão ofertados ofertados de maneira mais digna a nossa população ”, disse o prefeito.

Nos municípios, são oferecidos semanalmente atividades voltadas para mulheres, gestantes, idosos, crianças e adolescentes através do serviço de convivência, que atendem cerca de 300 pessoas por grupo de atividade. 

A beneficiária Francineide Silveira, frequenta a atividade de Zumba, atividade voltada especialmente para as mulheres de Centro do Guilherme. "Minha vida mudou bastante, minha saúde melhorou, eu emagreci, não falto um dia de dança." 

Para a prefeita de Nova Olinda, Iraci Weba, o equipamento trouxe esperança para a população que necessita da assistência social. "É muito importante para nós receber esse prédio novo, mobiliado que é uma obra que ficará na história da nossa cidade. Aqui nós conduzimos todos os programas de assistência que melhoram a vida do nosso povo, como o Bolsa Escola, que possui 3.760 beneficiários, por isso estamos gratos ao Governo do Estado", disse a prefeita. 

Para a beneficiária Joana Siqueira, de 63 anos, a atividade em que ela participa no CRAS é um dos momentos mais gratificantes que ela tem durante o dia. "Já conto os minutos para chegar a hora dos nossos encontros, porque nós conversamos, nos divertimos, recebemos orientações, e agora com um prédio novo tudo vai ficar melhor e mais confortável", disse Joana.
Durante as inaugurações, estiveram presentes o subsecretário de estado de Desenvolvimento Social, Francisco Oliveira Júnior, que representou o governador Flávio Dino; o prefeito de Centro do Guilherme, José de Dário ; a prefeita de Nova Olinda, Iracy Weba; o deputado estadual Hemeterio Weba; secretários municipais, vereadores e população local. 

CRAS

O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) é uma unidade pública e estatal, responsável pela organização e oferta dos serviços da proteção social básica da política de assistência social (serviços socioassistenciais). Atua como porta de entrada do Sistema Único de Assistência Social (Suas), isto é, como acesso aos programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família, a Tarifa Social de Energia Elétrica, isenção na taxa de inscrição em concursos públicos, Pronatec, carteira do idoso, Programa Minha Casa Minha Vida, bem como o acompanhamento das famílias beneficiárias pelo Bolsa Família, incentivo a geração de trabalho e renda, entre outras ações.
Deputados Josimar de Maranhãozinho e Aluísio Mendes
É grande a briga política entre o deputado federal Aluísio Mendes e o deputado estadual Josimar de Maranhão. A confusão vem da base eleitoral do município de Zé Doca.

A cidade é administrada por Josinha, irmã do Deputado Josimar. A oposição é ligada a Aluísio. Por conta disso, os dois parlamentares travam um forte embate na região.

Na semana passada, o deputado estadual ocupou a tribuna da Assembleia para sair em defesa da irmã prefeita sobre as acusações feitas pelo deputado federal em relação as demissões de servidores concursados da Prefeitura de Zé Doca.

Josimar de Maranhãozinho disse que o “deputado federal Aluísio Mendes prefere ouvir fuxico de candidato derrota” ao invés de mandar emenda para cidade. Reveja aqui o discurso do deputado estadual.

Aluísio Mendes, por sua vez, chamou Josimar de ‘quadrilheiro’ em entrevista a uma rádio. E pior: falou ainda que tem colegas na Polícia Federal que vai investigar as ações do deputado estadual naquela região.

“Esse tipo de blá, blá, blá, de ameças, principalmente de criminosos não me intimida […] tenho recebido inúmeras mensagens de pessoas dizendo: ‘graças a Deus alguém vem enfrentar essa quadrilha que se instalou aqui nessa região’ […] sou da Polícia Federal. 

Tenho colegas da polícia federal que eu trouxe ao meu gabinete para ajudarem no meu projeto político, na minha atuação parlamentar”, disse Aluísio.

Clique e ouça a entrevista do parlamentar federal:

terça-feira, 25 de abril de 2017

A comissão especial criada para analisar a reforma trabalhista na Câmara dos Deputados aprovou hoje (25) o parecer do deputado Rogério Marinho (PSDB-RN). O relatório foi aprovado por 27 votos a 10 e nenhuma abstenção, com ressalvas aos destaques incluídos no relatório durante a discussão.

Entre os partidos que têm representação na comissão especial, PT, PDT, PCdoB, PSOL, PSB, PEN e a liderança da minoria orientaram voto contra o parecer do relator Marinho. Para a oposição, a proposta retira direitos dos trabalhadores e precisa ser mais discutida. Para os governistas, a proposta já foi amplamente debatida e contribuirá para modernizar as relações de trabalho e estimular a geração de empregos.

O Projeto de Lei (PL) 6.787/2016, que altera diversos pontos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) tramita em regime de urgência e agora segue para análise do plenário da Câmara. Segundo o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a matéria será colocada em pauta para votação amanhã (26).


A reunião de apreciação do relatório começou por volta das 11h30 e durou mais de seis horas, com embate entre parlamentares da base aliada ao governo e da oposição. Tentando adiantar a votação, as lideranças governistas conseguiram aprovar um pedido de encerramento da discussão. Do total de 45 oradores inscritos para debater a matéria, apenas seis expuseram seus argumentos sobre o relatório. Houve reação da bancada oposicionista, que já tinha se manifestado no início da reunião pela prorrogação dos trabalhos da comissão.

Alterações

Depois de apresentar o relatório com nova redação, Rogério Marinho acatou oralmente algumas alterações sugeridas por parlamentares, entre as quais a proibição de que o pagamento de benefícios, diárias ou prêmios possam alterar a remuneração principal do empregado e a inclusão de emenda que prevê sanções a empregadores que cometerem assédio moral ou sexual.

Marinho disse que, após a votação, vai se reunir com integrantes da bancada feminina para definir acordo sobre mais alterações em torno de alguns pontos, em especial o que trata do trabalho de mulheres grávidas e lactantes em ambientes insalubres.

O texto consolidado com todas as mudanças incorporadas ainda não foi divulgado. A oposição ainda tenta votar os destaques em separado antes do início da ordem do dia no plenário. O relator disse que poderá fazer mudanças até o momento da votação em plenário, prevista para amanhã (26).

Como se trata de um projeto de lei, para ser aprovado em plenário, basta o apoio da maioria simples dos deputados presentes na sessão. Se aprovada, a proposta seguirá para o Senado.


O presidente da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), prefeito Cleomar Tema (PSB), de Tuntum, conseguiu do governo federal a garantia de que será editada uma Medida Provisória parcelando o pagamento dos recursos referentes ao ajuste do Fundeb 2016.

A conquista obtida por Cleomar Tema beneficia não apenas os municípios maranhenses, que foram penalizadas com um corte de R$ 177 milhões, mas também os governos do Maranhão, Ceará, Bahia e Paraíba, que perderam R$ 47 milhões, R$ 164 milhões, R$ 70 milhões e R$ 35 milhões, respectivamente .

A garantia do parcelamento, o que diminuirá os impactos financeiros causados principalmente as prefeituras, foi dada a Cleomar Tema e aos integrantes da bancada maranhense em Brasília – dentre eles os deputados federais José Reinaldo Tavares, Weverton Rocha, Rubens Pereira Júnior, Juscelino Filho e Júnior Marreca – pelo ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy.

O parcelamento deverá ser dividido entre 10 a 12 parcelas, de acordo com o entendimento defendido pela entidade municipalista.

Cleomar Tema, que encontra-se em Brasília desde ontem, comemorou a vitória.

“Graças ao empenho da bancada maranhense e a sensibilidade do governo federal, conseguimos ultrapassar este obstáculo, que poderia inviabilizar a educação de todo o Maranhão”, disse o presidente da Federação.

Nessa jornada em Brasília, além da bancada, Tema conseguiu agregar apoio da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e destacou que foi uma luta árdua, mas que valeu pelo resultado.

Parlamentares maranhenses ressaltaram, após a decisão do governo federal, o poder de articulação do presidente da FAMEM, que mostrou muito desprendimento, agilidade e dinamismo num momento de crise como esse.
O Ministério Público do Maranhão, por meio da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Itapecuru-Mirim, ajuizou, no último dia 18, Ação de Improbidade Administrativa contra o ex-prefeito do Município (2005-2012) e atualmente deputado federal Junior Marreca.

O ex-gestor teve as contas do exercício financeiro de 2008 julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), que lhe impôs multas e débitos que totalizaram R$ 533.684,98. De acordo com o relatório de informação técnica do TCE-MA, dentre as principais irregularidades está o registro de despesa sem a apresentação de nota fiscal, o que afronta o princípio da legalidade.

Para a promotora de justiça Flávia Valeria Nava Silva, titular da 1ª Promotoria de Itapecuru-Mirim, a conduta de Júnior Marreca também configura ato de improbidade administrativa. “Ele agiu com consciência e vontade própria, atentando contra os princípios da administração pública e causando prejuízo ao erário”, destacou.

Diante da situação, o Ministério Público requereu à Justiça a concessão de liminar para a decretação da indisponibilidade dos bens do ex-prefeito. Foi requerida, ainda, a condenação de Júnior Marreca para o ressarcimento integral dos danos ao município no valor de R$ 533.684,98; suspensão dos direitos políticos por oito anos; pagamento de multa civil de 100 vezes o valor da remuneração do ex-gestor no exercício do mandato; e a proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais pelo prazo de cinco anos.

__________________Leia mais




A situação da cidade de Viana é caótica. Comandado por Magrado Barros (PSDB), o município está completamente abandonado, segundo relatam os moradores.

De acordo com os denunciantes, há 120 dias que não dá água potável nas torneiras, desse modo obrigando a população se deslocar de suas residências para procurar um local que esteja fornecendo água.

Além disso, tem outro agravante. Diversos alunos estão sem aulas, pois poucas escolas estão de fato funcionando, não há também merenda escolar e creches foram fechadas.

A saúde de Viana também foi completamente abandonada. O hospital municipal e os postos de saúde estão sem remédios, médicos e enfermeiros.

Os moradores listaram outras irregularidades feitas por Magrado. Entre elas estão o fechamento do Restaurante popular, que agora serve de garagem para caminhões limpa-fossa, e a utilização do caminhão da Agricultura Familiar para o carregamento de bebidas alcoolicas.

Os setores principais da cidade estão entrando em colapso, mas o prefeito finge não ver. O Ministério Público tem que averiguar tais falhas de gestão.




Ministros da Primeira Turma votaram a favor de parecer emitido pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em sessão realizada na tarde desta terça-feira (25)

Goleiro Bruno voltara à prisão após decisão do STF (Foto: Régis Melo)
Menos de três meses após ser liberado, o goleiro Bruno retornará à prisão. Após pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a medida liminar que soltou o jogador foi revogada pela Primeira Turma do Superior Tribunal Federal em votação realizada na tarde desta terça-feira (25). Com isso, Bruno deve se afastar novamente dos gramados, onde vinha atuando pela equipe do Boa Esporte. Segundo o advogado Lúcio Adolfo, que representa o goleiro, ele deve se apresentar em Varginha quando for notificado.


Goleiro foi apresentado pelo Boa Esporte
 no início de março (Foto: Régis Melo)
Segundo Rodrigo Janot, a liminar que foi concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello deveria ser revogada porque o processo demorou para ser analisado em Segunda Instância em razão de recursos apresentados pela própria defesa, que estariam postergando o julgamento. O procurador-geral pediu também que os ministros indefiram o habeas corpus, que está pronto para ser julgado definitivamente, já que o pedido foi apresentado pela defesa contra decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que negou liberdade a Bruno. Por isso, segundo ele, não caberia ao STF dar prosseguimento ao pedido. 


Na votação realizada nesta terça-feira, o pedido de Janot foi aceito por 3 votos a 1. Votaram a favor da revogação da liminar os ministros Alexandre Morais, Rosa Weber e Luiz Fux. O ministro Marco Aurélio Mello manteve o voto a favor da liminar. Com isso, Bruno pode vai ser reconduzido à cadeia enquanto aguarda o processo ser julgado em Segunda Instância.


Andamento do caso

Bruno foi preso em 2010 e, três anos depois, condenado a 22 anos e 3 meses de prisão pelo assassinato e ocultação de cadáver de Eliza Samudio e por sequestro e cárcere privado do filho Bruninho. Liberado em fevereiro deste ano, o goleiro assinou com o Boa Esporte no dia 13 de março e estreou menos de um mês depois, no dia 8 de abril. Desde então, tem sido titular da equipe na fase final do Módulo 2 e já atuou em cinco partidas.


O caso estava inicialmente com o ministro Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo em janeiro. Por se tratar de uma medida de caráter urgente (pedido de liberdade a alguém preso sem condenação definitiva), a presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, havia encaminhado o caso ao ministro Marco Aurélio Mello, que determinou a soltura de Bruno. No entanto, com a chegada de Alexandre de Moraes para a vaga de Zavascki, o novo ministro herdou a maioria dos processos, incluindo o de Bruno. 


Sobre o pedido de Janot, o advogado Lúcio Adolfo, que representa Bruno, afirmou por meio de nota emitida na última quinta-feira (20) que não contribuiu para a demora do processo e que cumpriu todos os prazos previstos em lei. O defensor questionou o entendimento do procurador sobre o andamento processual.


"Se não causa espanto ao procurador a demora de mais de quatro anos para não julgar uma apelação quando Bruno Fernandes estava preso, a este advogado causa espanto a subida aceleração quando ele foi solto", afirmou. A defesa destacou ainda que, após a liberdade, Bruno não colocou em risco a ordem pública e começou a trabalhar imediatamente.

Bruno Fernandes já atuou em cinco jogos pelo Boa Esporte (Foto: Régis Melo)

Absolvição por corrupção de menor

Na última quarta-feira (19), o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) manteve a absolvição de Bruno pelo crime de corrupção de menor. A decisão do TJ-MG mantém a sentença da juíza Marixa Rodrigues que absolveu os réus em referência à participação do primo do goleiro, Jorge Luiz Rosa, na época com 17 anos, no crime. Ele confessou ter participado do sequestro e cárcere privado de Eliza Samúdio.




O deputado Fábio Braga - Solidariedade, subiu à tribuna da Assembleia Legislativa nesta segunda-feira, 24, para manifestar sua gratidão ao convite que lhe foi formulado pelos vereadores do seu partido, Paulo Alencar e professor Cristiano, e pelo próprio prefeito da cidade de São José de Ribamar Luís Fernando Silva.

Na fala, o parlamentar parabenizou Luís Fernando, sua equipe de trabalho e os vereadores que lhe dão sustentação na Câmara, presidida pelo vereador Beto das Vilas, pelos resultados já alcançados, pois, disse, “é gratificante ver que em tão pouco espaço de tempo, mesmo enfrentando vários obstáculos administrativos e inúmeras dificuldades financeiras, uma gestão municipal consegue avanços tão importantes para a população”.


Dentre os avanços citados, Fábio Braga assinalou o “planejamento das contas públicas feito com a repactuação daqueles contratos que pressionavam mais o orçamento municipal; o desbloqueio do fundo de participação que vinha deixando o município sem suas principais fontes de renda, e a melhoria no atendimento do sistema de saúde, recadastrando as unidades e aumentando o atendimento médico, iniciativa que ajudou a minimizar os problemas enfrentados pela população, principalmente aquela mais carente” - pontuou.




Citou, também, como exemplo de ação positiva cuja meta era melhorar a qualidade de vida do cidadão e estimular o turismo numa cidade que tem vocação natural para isso, a “regularização dos serviços de limpeza e a revitalização de espaços públicos importantes, como o Cais Ribamarense e a recuperação das principais vias de acesso à cidade”.


E justificou seu ponto de vista: “dou este depoimento com muita tranquilidade, porque acompanho de perto o que se passa na política e na economia do País, e sei o tamanho das dificuldades que os municípios brasileiros enfrentam, por conta da brutal recessão econômica que já entra em seu terceiro ano consecutivo, provocando um grande estrago no nível geral dos negócios, na geração do emprego, da renda e na transferência do Fundo de Participação dos Municípios” - lamentou.


Após destacar “a criação da Lei Geral Municipal da microempresa, da empresa de pequeno porte, e do microempreendedor individual, ação que visa estimular os negócios geradores de emprego e renda porque legaliza os pequenos comércios que atualmente estão na informalidade” o parlamentar concluiu sua fala parabenizando, também o povo de Ribamar devido à acertada escolha de Luís Fernando, e concluiu sua fala dizendo: “deixo meu gabinete e minha atividade política a disposição do povo daquele município, na certeza de que ele hoje não tem apenas um bom Legislativo e um bom Executivo, mas tem acima de tudo, a proteção do grande São José de Ribamar”- comemorou.


Foi inaugurado na manhã desta terça-feira (25 de abril), o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do município de Nova Olinda do Maranhão que atenderá mais de 1.500 famílias. A obra do governo do estado do Maranhão financiado pelo BNDES. 


Nesses 4 meses de gestão, a prefeita Iracy Weba, tem investido na recuperação e no desenvolvimento social do município.
Para a senhora, Maria de Jesus Prazeres de 63 anos, o desenvolvimento tem chegado ao seu bairro e tem deixado-a muito feliz. "A gente fica muito feliz, em ver o esforço da prefeita, do vice prefeito, o deputado em São Luis, lutando para que a gente pudesse ter esse momento tão importante que é a inauguração desse CRAS", ressaltou.

Participaram da solenidade, a Prefeita, Iracy Weba, o Vice Prefeito, Zé Alberto, o Deputado Estadual Hemetério Weba,o subsecretário de estado de Desenvolvimento Social, Francisco Oliveira Júnior, que representou o governador Flávio Dino, o Secretário Municipal de Assistência Social, Marlon Cutrim, vereadores da base do governo, secretários municipais e assessores.

Deputado Hemetério Weba participou
da solenidade de inauguração do CRAS
Mais de 250 pessoas participaram do evento que teve inicio as 11:30 da manhã no CRAS localizado no bairro do Trator.




Você já ouviu falar do kit gratuito de TV digital? Pois saiba que os beneficiários do Bolsa Família podem solicitar os aparelhos que garantem uma transmissão de alta qualidade na televisão. Veja como fazer parte desse programa social.

A forma como a televisão é transmitida está passando por mudanças. O sinal analógico vai deixar de existir e será substituído integralmente pelo sinal digital. Para que os brasileiros não fiquem sem assistir TV, eles precisam contar com equipamentos para adaptar as suas televisões antigas e analógicas.


Nem todas os televisores estão equipados para receber o novo tipo de sinal, por isso foi criado um programa social para distribuir kits grátis de TV digital.


O que é o kit gratuito de TV digital?


O kit gratuito de TV digital é composto por um conversor, antenas e controle remoto. Com ele, é possível assistir aos canais abertos com a qualidade de TV digital.


A distribuição kits já começou em todo o país em 2016. A iniciativa, realizada pelo governo junto com empresas de telecomunicações, pretende beneficiar 14 milhões de pessoas.


Ao instalar a nova antena e o conversor, o cidadão não vai precisar comprar uma TV nova para receber o sinal digital.


Quem tem direito ao kit de TV digital grátis?


Todos os brasileiros inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem solicitar o kit de TV digital gratuitamente. Isso inclui, principalmente, os beneficiários do Bolsa Família que não podem comprar uma televisão nova.


O kit de TV digital gratuito só será distribuído para famílias com renda mensal de até três salários mínimos.


Como solicitar?


A solicitação do kit pode ser realizada de forma simples, prática e rápida através da internet. O cidadão interessado só precisa acessar o site Seja Digital e informar o número do CPF/NIS do responsável familiar. Feito isso, basta preencher um formulário eletrônico com dados pessoais.


O beneficiário do Bolsa Família deve realizar o agendamento online para a retirada do seu kit. É necessário escolher o melhor dia, hora e local. Além de usar a internet, também é possível agendar por telefone, através do número 147.


Quem tem celular pode cadastrar o número para receber um lembrete via SMS sobre a retirada do kit conversor. Apenas o responsável familiar ou um membro da família pode retirar o kit gratuito de TV digital. No ponto de retirada, é necessário apresentar NIS, documento de identidade com foto e o protocolo de agendamento.


Cidades que sofrerão o apagão analógico


No dia 29 de março de 2017, o sinal analógico foi desligado na região metropolitana de São Paulo. Posteriormente, o “apagão analógico” acontecerá em outros municípios paulistas. Até 25 de outubro, cidades em Goiás, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Pernambuco, Espírito Santo e Rio de Janeiro também receberão apenas sinal de TV digital.


Não deixe de conferir a lista completa e o cronograma das cidades em que o sinal de TV analógico será desligado em 2017 e 2018.


Restou alguma dúvida sobre o acesso gratuito à TV digital? Então consulte as respostas para as 20 perguntas mais frequentes sobre a distribuição dos equipamentos e a instalação.



Fotos: Divulgação
As parcerias firmadas pelo Governo do Estado tem papel fundamental para assegurar a transformação na vida de milhares de maranhenses. Foi graças ao acordo de cooperação celebrado entre a gestão estadual e o Banco do Nordeste (BNB) que foi possível investir mais de R$ 100,4 milhões nos municípios do Plano 'Mais IDH'. O programa – implementado pelo governador Flávio Dino que visa melhorar os indicadores nos 30 municípios – impulsionou, com este investimento, a consolidação produtiva e o desenvolvimento da economia local, e assim, tem incrementado a geração de emprego, ocupação e renda.

O fomento e apoio ao agricultor rural e ao microempreendedor se consolidou através de programas de crédito do BNB, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), inclusive o microcrédito rural AGROAMIGO, e o microcrédito urbano, CREDIAMIGO. Entre novembro de 2015 e dezembro de 2016, o volume de crédito chegou a 34.491 contratos. Com o dinheiro em mãos, o pequeno agricultor e empresário pode investir mais no negócio, e gerar mais emprego e renda.

O secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, da pasta que executa o Plano 'Mais IDH', explica que a soma de esforços é fundamental para melhorar os índices sociais. “Desde que assumiu a gestão estadual, o governador Flávio Dino tem articulado uma rede de investimentos nos municípios mais pobres do Maranhão. O BNB tem sido um parceiro importante dessa estratégia de desenvolvimento, que articula investimento econômico e investimento social, nas áreas mais vulneráveis do Estado, sobretudo junto à população rural dos municípios de menor IDHM”, destacou Francisco Gonçalves.

A agricultura familiar é uma das áreas mais impulsionadas, por meio do Pronaf, com acesso ao microcrédito rural para financiamento de projetos. O crédito é do programa Agroamigo, do Banco do Nordeste (BNB) que, em parceria com o Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), realizou, nos 30 municípios, mobilização dos agricultores para assinatura de contratos do crédito e prestação de assistência técnica. Com o financiamento, os agricultores têm até R$ 4 mil para investir em projetos de horticultura, criação de pequenos animais como galinhas, suínos, caprinos e ovinos e, ainda, aquisição de equipamentos agrícolas.

De acordo com o secretário de Agricultura Familiar, Adelmo Soares, a parceria firmada entre o Governo do Estado e o Banco do Nordeste tem rendido bons frutos. “Muitos espaços são abertos durante as Agritecs, onde há assinaturas de contratos e convênios facilitando o acesso do agricultor familiar. É uma política que temos adotado sistematicamente possibilitando, assim, um avanço no setor da agricultura familiar, principalmente nos eixos da assistência técnica e fomento”, explicou.

Através do microcrédito urbano, o CrediAmigo, foi possível o acesso ao crédito a milhares de microempreendedores pertencentes aos setores informal ou formal da economia. Com ele foram 27.710 operações de credito, movimentando o montante de R$ 63,9 milhões, beneficiando milhares de famílias de microempreendedores nos municípios do 'Mais IDH'.
Já com o Pronaf e Agroamigo foram 6.781 operações de crédito para atender às famílias de produtores rurais. O que envolveu recursos de R$ 36,4 milhões.



Os jogos Escolares Maranhenses (JEMs) deste ano vão gerar oportunidades de emprego e renda, contribuindo com a economia do estado. Várias pessoas são beneficiadas com trabalhos temporários em atividades dos jogos, como aconteceu no ano passado.


“Trabalhar no JEMs foi uma experiência única”, afirma Lidiane Guterres, 29 anos, uma das 500 pessoas empregadas temporariamente nos JEMs do ano passado. Segundo informações da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Sedel), a remuneração inicial para quem trabalhar durante a realização dos jogos é de um salário mínimo, com variações de acordo com a função exercida. As vagas são para diversas áreas como serviços gerais, segurança, administração e educação física.


Lidiane Guterres foi selecionada para vaga no setor de administração, na qual desempenhou funções de gestão, como o controle das entregas de kits e credenciais aos municípios que participaram dos JEMs. Contratada para trabalhar por quinze dias, a jovem recebeu um total de R$ 2 mil pelo serviço. “O evento foi muito bem organizado e recebemos todo o suporte para desempenhar as atividades”, afirma ela que tem interesse em participar novamente.


André Luis Lima Silva, 25 anos, que também trabalhou nos JEMs no ano passado, afirmou que tem interesse em repetir a experiência este ano. “Além da remuneração muito boa, conheci muitas pessoas de outros estados e aprendi muito”, diz o jovem, que recebeu R$ 1.500 por dez dias de trabalho como motorista. Ele afirma que, também, gostou de aprender mais como funcionam várias modalidades esportivas e ter conversado com professores e alunos.


Como participar 


Os interessados nas vagas de emprego temporárias dos JEMs 2017 podem entregar currículo na sede da Sedel, localizada na Travessa Guaxenduba, número 100, bairro Outeiro da Cruz, em São Luís, de segunda a sexta-feira, das 13h às 17h. O número para este ano ainda está sendo definido. Foi lançado no dia 07 deste mês e segue com etapas municipais e regionais até o dia 20 de outubro.


Este ano, 107 municípios se inscreveram no evento esportivo, que vai contar com um total de 15 modalidades individuais e seis coletivas. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 2109-5938 ou pelo site da Sedel www.sedel.ma.gov.br.




O pagamento da folha dos servidores em educação dos 217 municípios maranhenses está comprometida com a decisão tomada pelo Governo Federal ao baixar a portaria 565, de 20 de abril de 2017, que cortará neste mês de abril R$ 224 milhões dos recursos do Fundeb. 

Os municípios do litoral maranhense   serão atingidos em cheio com a perda de quase 50% de suas receitas líquidas, comprometendo o pagamento dos servidores durante o mês em curso. Amapá do Maranhão com perca de 247,507,64,Cândido Mendes 622,279,29,Carutapera  corresponde a R$ 723.746,22 é o município da região com maior perda. Godofredo Viana 280,067,33 e Luis Domingues 200,002,02,somando um total de um pouco mais de dois milhões de reais.



Estão também sendo afetados com a drástica medida os estados do Ceará, Bahia e Paraíba, sendo o Maranhão o mais prejudicado. Segundo informações de órgãos do governo, o corte é uma devolução de repasses adiantados no decorrer do mês de dezembro de 2016 aos estados supra mencionados.

Ao tomar conhecimento da devolução dos recursos, o prefeito de Tuntum e presidente da Federação dos Municípios do Maranhão (FAMEM), foi a Brasília procurar meios para evitar a 'sangria' dos parcos recursos da educação maranhense. O presidente Cleomar Tema (PSB) esteve no plenário da Câmara juntamente com os deputados Weverton Rocha (PDT), José Reinaldo (PSB), Juscelino Filho e Rubens Júnior (PCdoB), onde levaram ao conhecimento da situação aos demais parlamentares da Casa. 

O representante dos prefeitos maranhenses quer somar forças com os demais estados prejudicados com a medida para pleitear junto ao Ministério da Educação o parcelamento da suposta 'dívida', e que o dinheiro não seja devolvido de uma única vez, comprometendo a folha de pagamento dos municípios, deixando milhares de país de famílias sem os seus devidos vencimentos. 

Veja abaixo os valores que cada município terá que devolver nesse mês de abril...






Oportunidades disponíveis estão distribuídas em cerca de 4 mil municípios de todo o Brasil.


A Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está com inscrições abertas para o Processo Seletivo voltado à contratação de profissionais temporários para a realização do Censo Agropecuário 2017.

Executado pela Fundação Getulio Vargas, a seleção visa o preenchimento de 24.984 vagas, distribuídas entre todos os Estados brasileiros, para as funções de Agente Censitário Municipal (1.272) e Agente Censitário Supervisor (4.867), ambas de Nível Médio e com duração de contrato de 7 meses; e Recenseador (18.845), de Nível Fundamental, com duração de contrato de até 5 meses.


Os profissionais contratados farão jus à remunerações de R$ 1.600,00 e 1.900,00. A jornada de trabalho para os cargos de Agente Censitário Municipal e Agente Censitário Supervisor será de oito horas diárias, enquanto a carga horária para o cargo de Recenseador será de, no mínimo, 25 horas semanais.

Os interessados devem se inscrever do dia 24 de abril ao dia 23 de maio de 2017, exclusivamente via internet, pelo site www.fgvprojetos.fgv.br. Na ocasião, os mesmos deverão preencher o requerimento de inscrição que será exibido e, em seguida, enviá-lo de acordo com as respectivas instruções. A taxa de inscrição será cobrada no valor de R$ 22,00 ou R$ 39,50.

A seleção dos concorrentes será composta de Prova Objetiva, prevista para o dia 16 de julho de 2017, no horário das 13h às 17h, sendo observado o horário oficial de Brasília - DF. Já para o cargo de Recenseador será realizado Treinamento, de caráter eliminatório e classificatório.


O Treinamento, a ser realizado pelo IBGE, terá a duração total de quatro dias, com carga horária de 8 horas diárias. Serão convocados os candidatos aprovados dentro do número de vagas, conforme a distribuição do Quadro de Vagas disponível e o resultado final da Prova Objetiva. Os locais para realização das provas serão divulgados no site www.fgvprojetos.fgv.br.

A validade do presente Processo Seletivo será de dois anos, contados a partir da data de divulgação do resultado final, conforme o edital completo já disponibilizado em nosso site para consulta.

No incio do mês de Abril aconteceu em Godofredo Viana o  Levantamento de Índice Rápido  (LIRA), do Aedes Aegypti. Uma ação que acontece em todo Brasil uma parceria entre Ministério da Saúde,  Estados e Municípios.
Uma equipe dos Agentes de Combate a Endemias  realizou na sede do município o  levantamento de informações para saber o real índice de infestação do mosquito da dengue,juntamente com a equipe do Governo do Estado, esse trabalho é de extrema importância pois se faz necessário para que medidas rápidas e emergências  sejam feitas no controle e combate do mosquito.
Segundo a equipe que realizou o trabalho, o município de Godofredo Viana, ficou na classificação do LIRAa, como alto risco com um índice de  5,4 % de Infestação do mosquito AEDES AEGYPTI.

Essa é mais uma das ações da Secretaria de saúde. A secretária Norma Borges explica que as atividades terão força maior no mês de Maio e pediu a colaboração da população para ajudar á dar um fim nesse mosquito que nos trás transtornos a população como : a Dengue, Chikungunya, Zica Vírus e Febre Amarela.


segunda-feira, 24 de abril de 2017

O governo federal cortou no mês de abril R$ 224 milhões de recursos para a educação no Maranhão, referentes à devolução de repasses adiantados em dezembro de 2016 ao estado e aos municípios.
A medida foi publicada no Diário Oficial da União, na Portaria nº 565, de 20 abril de 2017, e atinge também os estados do Ceará, que perdeu R$ 164 milhões; Bahia, com a perda de R$ 70 milhões; e Paraíba, que tem que devolver R$ 35 milhões.
Hoje, no plenário na Câmara dos Deputados, Weverton Rocha (PDT) denunciou os cortes milionários de transferências para o Maranhão e chamou a atenção das bancadas dos quatro Estados com relação às perdas. 

Deputado Fábio Braga cobra melhorias em estradas
da Região do Baixo Parnaíba.


Por Blog do Alpanir Mesquita.


O deputado Fábio Braga - Solidariedade, ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa na última quinta-feira, dia 20, para pedir ao governador do estado, Flávio Dino, aceleração no processo de recuperação, recapeamento, ou asfaltamento, das rodovias estaduais que ligam as cidades de Chapadinha a Anapurus; Anapurus a Brejo; Brejo a Santa Quitéria; Santa Quitéria a São Bernardo e de São Bernardo até a divisa do estado do Piauí, na região do Delta do Parnaíba.


Na sua argumentação, o parlamentar disse que o desenvolvimento social e econômico era uma realidade cada vez mais presente na região do Baixo Parnaíba, por conta da expansão do agronegócio, mas que, para sua consolidação “era fundamental que existisse na área o mínimo de infraestrutura logística, como boas estradas para o escoamento da produção, por exemplo”. 


Aproveitou o momento para lembrar a situação do trecho Chapadinha-Brejo, que pertence a MA – 034 e que tem uma importância fundamental na movimentação de veículos, de máquinas, de mercadorias e de pessoas, entre o Baixo Parnaíba, o Leste Maranhense e o Porto do Itaqui, “mas que é uma via estreita com péssimos acostamentos, em alguns trechos até inexistentes, o que além de desestimular investimentos privados na área, vem provocando vários acidentes nos últimos anos, muitos deles fatais, envolvendo motos, veículos leves e carros pesados, tal é o fluxo que demanda aquela rota” – avaliou.


O parlamentar chegou mesmo a questionar o porquê daquele trecho não ser federalizado, uma vez que “até Chapadinha ela é a BR 222, com acostamentos regulares, com pistas largas e com sinalização bem definida, portanto, sem grandes dificuldades, – continuou, “Mas por que o trecho Chapadinha-Brejo também não faz parte da BR 222, já que ele pode ser considerado uma continuidade?” – indagou, “É bom que a gente lute junto aos nossos deputados federais, se esse for o caso, para avaliar a federalização desse trecho, porque ele nos leva até Matias Olímpio, no Piauí, com rapidez e economicidade, e abre espaço para a ampliação ou surgimento de novos negócios entre a região do Baixo Parnaíba e o Porto de Fortaleza, no Ceará” – avaliou.


Fábio Braga disse, ainda, que para observar melhor a situação das rodovias estaduais esteve pessoalmente na região e, “partindo da Palestina, em Anapurus, fui até o Buriti e depois até Duque Bacelar, percorrendo cerca de 50 quilômetros. Constatei” – prosseguiu, “naquele trajeto o asfalto precisa ser recapeado urgentemente, porque vi algumas máquinas trabalhando lentamente e que existem muitos buracos na estrada que dificulta a trafegabilidade e que carece de recuperação para que a região possa ter chances de se desenvolver” – criticou.


Destacou, também, o aumento crescente do número de carretas com transportes de grãos, como milho e soja, saindo do Baixo Parnaíba para o Porto do Itaqui, ampliando, como decorrência lógica, os riscos de acidentes para os usuários, em razão da falta de estradas de rodagem seguras. 


Outro argumento utilizado pelo parlamentar para justificar seu pedido foi o de que governo do Piauí, recentemente, inaugurou a ponte Antônio Nogueira de Aguiar, com 380 metros de extensão, interligando os municípios de São Bernardo e Luzilândia. Entretanto – disse “quando se vem daquele estado, trafegando-se por uma rodovia em boas condições de rodagem e atravessa-se a ponte, nos deparamos com uma realidade totalmente diferente, alguns trechos estão quase intrafegáveis, e isso retarda o desenvolvimento de que tanto a região reclama, justamente pelas suas precárias condições infraestruturais, com destaque para a falta de qualidade das rodovias estaduais” – disse.


E concluiu sua fala reconhecendo as dificuldades financeiras do governo do estado para implementar tantas obras ao mesmo tempo : “reconheço sim que o país e o governo do estado vivem uma forte crise financeira, mas, é preciso a gente ter a clareza de que a facilidade do comércio, em decorrência da redução com os custos dos transportes, poderá criar novas oportunidades de negócios através da circulação de riquezas, da geração do emprego e da renda, chegando até o barateamento da comida na mesa daqueles que mais precisam” – finalizou. 


A antecipação além de ser uma forma de valorização do servidor municipal, também beneficia o comércio 


O Prefeito André Dourado anunciou a antecipação para esta terça-feira, dia 25, do pagamento de salário dos servidores públicos municipais da Saúde e Administração. O dinheiro estará disponível na conta para saque no mesmo dia. O pagamento é programado, normalmente, para o último dia útil do mês. 

De acordo com o prefeito a prática de antecipação de salário já vem ocorrendo desde o inicio do mandato. “Já com certa frequência temos efetuado o pagamento dos salários com cinco dias de antecedência. Essa é uma decisão da nossa administração com o objetivo de valorização do servidor.”

Para o prefeito André Dourado, além de beneficiar o servidor que recebe com antecedência, a antecipação beneficia o comércio. “É bom também para o comércio local, pois oportuniza uma data diferenciada para movimentar o comércio e consequentemente aquecer as vendas”, destacou.

O pagamento dos servidores da Educação esta programado para sexta feira (28).





Mato-Grosso - Sete pessoas foram assassinadas nesta quinta-feira na distrito Taquaraçu do Norte, na região de Colniza (a 1.018 km de Cuiabá) em Mato Grosso em disputa por terra. A chacina foi confirmada pela Secretaria Estadual de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp/MT). O órgão confirmou as mortes e a suspeita é de que os autores do crime sejam capangas de fazendeiros da região. O grupo se autodenomina de "Encapuzados" e realizam segurança para fazendeiros. Cerca de 100 famílias moram no local.

Segundo informações de policiais de Colniza, as mortes aconteceram quando um grupo encapuzado invadiu a área e atirou. A ação consistiu em duas etapas. Inicialmente, eles atiraram de fora e em seguida foram às barracas para confirmar e atiravam em quem estivesse vivo. As informações foram repassadas à Polícia por dois homens que conseguiram fugir.
O local onde aconteceram as mortes é de difícil acesso. As estradas estão alagadas e alguns pontos só é possível atravessar de barco. Não há sinal de telefone.
Para agilizar os trabalhos, a Sesp montou uma estratégia emergencial para ter acesso ao local. As equipes seguem até o distrito de Guariba e de lá seguem de barco por 15 minutos pelo rio Roosevelt até o local onde aconteceram as mortes. Guariba fica distante 200 quilômetros de Taquaruçu do Norte.

Governo do Maranhão

Governo do Maranhão

Facebook

Rádio Jangada FM

INTERNET VIA SATÉLITE

INTERNET VIA SATÉLITE

Twitter