quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Tá uma buraqueira infernal na BR 316, região de Junco do Maranhão a Maracaçumé. O problema já se estende há vários meses, sem que o DNIT tome as devidas providências.


Tem crateras em vários trechos, pra quem chega no munício de Junco indo de Gurupi, tomando conta da rodovia de um lado a outro, e a pavimentação simplesmente não existe.

Acidente registrado na BR316 na altura de Junco do Maranhão- Foto Junyor Fernandes

Logo depois, sentido Maracaçumé tem mais irregularidades no asfalto. São muitos buracos espalhados ao longo do percurso, tornando-se verdadeiras armadilhas aos motoristas. O perigo aumenta no período da noite quando a atenção tem que ser redobrada, e mesmo assim, muitas vezes ainda é inevitável o carro não tombar e até se chocar com outro veículo ao tentar desviar-se deles.

É comum ver motoristas cometendo irregularidades, ao usarem o acostamento, que em alguns pontos estão bem mais conservados que a pista de rolamento, mas em outros, o condutor não tem pra onde correr. Ou para no buraco ou quebra o carro. As condições pioram com a chegada das chuvas.


Aliás, tem trechos entre Boa Vista do Gurupi e Governador Nunes Freire, que moradores de um povoado ficam colocando areia nos buracos pra tentar pegar uns trocados dos motoristas, especialmente dos caminhoneiros.

Segundo informações repassadas ao Blog do Neto Weba por condutores que acessam o rodovia com frequência, muitos acidentes e até assaltos são registrados. Eles ocorrem no momento em que o motorista são obrigados a parar o veículo pra passar nos buracos. É quando os bandidos aparecem pra atacar.

Alô DNIT, respeite o contribuinte e vai tapar os buracos da BR 316. Ou no Maranhão esse órgão só funciona pra multar o condutor?

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração