sábado, 17 de novembro de 2018


A crise econômica que atinge o país parece não ter afetado os cofres públicos de Imperatriz, pelo menos no que diz respeito ao cachê do cantor Pablo, que fará o show da virada do municipio comandado pelo “delegado honesto” Assis Ramos (MDB).

De acordo com o Diário Oficial, a prefeitura pagará R$ 300 mil, sem licitação, pela apresentação do cantor de brega. O valor do cachê provocou críticas da bancada de oposição da Câmara Municipal.

Em média, o show de Pablo custa R$ 30 mil reais. Aliados do governo afirmam que o valor excedente pago pelo contribuinte imperatrizense diz respeito à excepcionalidade da comemoração de fim de ano, quando os artistas costumam cobrar mais caro pela exclusividade das apresentações.

É como dizia Assis Ramos na campanha eleitoral de 2016: “se não roubar, o dinheiro dá”.

Fonte Marrapá

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração