quinta-feira, 25 de outubro de 2018


Lucas Leite Ribeiro Porto negou durante audiência de instrução, que aconteceu nesta quinta-feira (25) no Fórum Desembargador Sarney Costa, a autoria dos crimes de estupro e homicídio da publicitária Mariana Menezes de Araújo Costa Pinto. A sobrinha-neta do ex-presidente José Sarney foi morta no dia 13 de novembro de 2016 dentro do próprio apartamento.

A decisão do magistrado titular da 4a Vara do Tribunal do Júri, José Ribamar Goulart Heluy Júnior, foi pela pronúncia do acusado Lucas Porto. Sendo assim, o acusado vai a júri popular em data a ser definida.

Ele chegou para a audiência escoltado por policiais e está preso desde o dia 14 de novembro de 2016, quando foi denunciado pelo Ministério Publico pelos crimes praticados contra a então cunhada. A audiência havia sido suspensa no ano passado, por conta de um pedido da defesa para que Lucas fosse submetido a exames de sanidade mental. O resultado dessa perícia atestou que ele não tem nenhum problema e é responsável pelos atos que pratica.

No início da nova sessão, a defesa de Lucas Porto apresentou uma série de questões de ordem, incluindo o pedido para que fossem ouvidas duas novas testemunhas do caso. Os pedidos foram indeferidos pelo juiz e apenas uma testemunha foi ouvida no depoimento desta quinta-feira. O médico que fez o primeiro atendimento a Mariana confirmou que ela chegou morta ao hospital. Em seguida, foi a vez de Lucas Porto ser ouvido. Ele disse que responderia apenas as perguntas feitas da defesa, mas questionado pelo juiz se era responsável pelos crimes dos quais foi acusado, negou a autoria.


Na época em que foi preso, Lucas teria confessado a autoria do assassinato à polícia. Mariana foi encontrada desacordada no apartamento onde morava no Turú. Câmeras de segurança do condomínio mostraram Lucas entrando e saindo do edifício no dia do crime. Exames feitos pela perícia revelaram a presença de sêmen no corpo e nas vestes da vítima. O resultado reforçou a tese de que Mariana foi estuprada, depois de assassinada.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração