quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Deputado estadual diz também que “irá até as últimas consequências” para provar que tem sim, seis meses de filiação partidária.

Tocador de vídeo
00:00
01:57


Logo após o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) julgar, nesta terça-feira (02), por unanimidade do Pleno o indeferimento da candidatura do deputado estadual Hemetério Weba (PP), o parlamentar produziu um áudio no qual sustenta que sua situação eleitoral ainda cabe recurso tanto na própria Corte Eleitoral quanto no TSE – Tribunal Superior Eleitoral, e portanto, sua candidatura continua intacta.


“O Ministério Público entrou dizendo que eu não tinha seis meses da minha filiação no partido [PP], mas, nós vamos derrubar que já provamos tudo e até sexta feira [dia 05], se Deus quiser, sai a decisão, vamos é trabalhar. Não se preocupe com esses boatos. Realmente a perseguição é muito grande em cima do deputado Wemetério, tendo em vista que Wemetério tá superando tantos e tantos outros candidatos que se dizem bons de voto, os candidatos ricos por aí, mas, estamos indo e vamos ganhar as eleições”, (sic) explicou Weba.
Hemetério diz também que “irá até as as últimas consequências”…
Weba que num primeiro momento comemorou o deferimento do seu registro de candidatura, agora com essa nova decisão sofre um duro golpe. Apesar do nome de Hemetério ainda constar no sistema de candidaturas no DivulgaCandContas como deferido, ainda nesta quarta-feira (03), será atualizado para “indeferido com recurso”, como informou a assessoria de comunicação do TRE-MA ao Blog do Domingos Costa.

Diante do áudio (ouça acima) do deputado, fica claro que não existe qualquer possibilidade de Hemetério desistir da candidatura para apoiar a neta, a Dermatologista Natassia Weba.

“Ninguém esmoreça, sou candidato e não abro! Vou até os últimos, as últimas consequências, por que nós temos direito adquirido, o que é direito adquirido?! É você poder ser, é o que eu sou, candidato a deputado, sou deputado e serei candidato a deputado novamente, eleito pelo povo do Maranhão!”, ressaltou Hemetério.

O parlamentar ainda aproveitou para criticar duramente o Ministério Público, que recorreu da decisão inicial que tinha liberado ele para ser candidato. “Isso foi uma perseguição do Ministério Público, deram provimento, mas não era só ele [MP] o dono da verdade, cabe recurso tanto em São Luís ainda no TRE, quanto cabe recurso no Superior Tribunal Eleitoral em Brasília que já é matéria vencida essas histórias. Isso aí é alguém por trás, mas isso é normal na vida pública, mas nós vamos vencer.”, finalizou o deputado.

Via Domingos Costa

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog