quinta-feira, 25 de outubro de 2018


Durante live nas redes sociais sobre o segundo turno presidencial, o governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), comentou a adesão do grupo Sarney à candidatura do histriônico Jair Bolsonaro (PSL). “Eles são especialistas a aderir a quem eles acham que vai ganhar a eleição”, frisou.

Dino lembrou que o clã Sarney vem apoiando todos os presidentes da República, desde Juscelino Kubitschek e chamou os políticos da oligarquia maranhense de “oportunistas”.

“Eles representam tudo aquilo que ninguém quer. Tenho certeza que o senhor e a senhora pensando em votar no Bolsonaro, não quer ver políticos oportunistas como o grupo Sarney de novo escorado dentro do governo”, disparou.

Roseana Sarney (MDB) e seus aliados passaram todo o primeiro turno tentando atrair votos usando a imagem do ex-presidente Lula (PT), e só após frustrante derrota nas urnas decidiram apoiar Bolsonaro. O governador maranhense disse que “não leva em contas conveniências” e que é importante manter “um patrimônio de princípios e convicções que lhe dê identidade”.

Do Jorge Vieira

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração