sábado, 27 de outubro de 2018

Onda de assaltos atinge dezenas de aposentados e pensionistas 



Uma onda de assaltos a usuários da agência do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) em Timon no Estado do Maranhão está tirando o sossego de muitos que precisam dos serviços daquela unidade que fica localizada na Rua 110, no Parque Piauí. São dezenas de aposentados e pensionistas que procuraram aquela agência e ao chegarem ou quanto estão saindo se tornam alvos de ladrões.

Em virtude do problema, após uma reunião entre os funcionários e a diretoria ocorrida na tarde de sexta-feira (26), ficou decidido que a agência não abrirá suas portas na próxima segunda-feira(29). O fechamento é um protesto contra a falta de segurança no entorno da agência.

Referência na região para atendimento no setor previdenciário, a agência é procurada por aposentados e pensionistas não só de Timon, mas de cidades como Presidente Dutra, Coroatá, Santa Inês, Chapadinha, Coelho Neto, dentre outras. São aposentados de baixa renda que procuram a agência para fazer uma perícia ou outros serviços e que andam com dinheiro contado para voltar pra casa. Muitos deles ao chegarem ou deixarem a agência estão sendo assaltados, rendidos com revólver ou faca. Os ladrões já fizeram do entorno da agência um ponto para a prática desse crime. De acordo com funcionários da agência, são sempre os mesmos ladrões.

Os relatos que chegam ao eliaslacerda.com são de que a situação é séria e muitos cobram uma presença mais frequente da polícia militar no local. Os servidores do INSS contam que as vítimas são pessoas de poucos recursos financeiros. Já houve até casos dos funcionários terem que fazer “vaquinha” para arrecadar dinheiro e assim permitir que algumas das vítimas voltassem pra casa.

Os funcionários da agência enviaram nota ao eliaslacerda.com comunicando o fechamento da agência e os motivos que levaram a tomar tal decisão. 

Leia a nota abaixo:

“Diante da situação de periculosidade que a Agência do INSS em Timon se encontra, em que os segurados estão sendo vítimas constantes de assaltos à mão armada e dos boatos de que as próximas vítimas serão os servidores, houve uma reunião e ficou decidido que nossas atividades estão paralisadas até que seja tomada alguma providencia concreta que garanta não só a segurança dos servidores, bem como dos segurados, visto que se tratam de bandidos de alta periculosidade. Portanto, a Aps se encontra fechada para o atendimento ao público, funcionando apenas expediente interno até que o mínimo de paz e a segurança se restabeleça em nosso meio”.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog