domingo, 30 de setembro de 2018


O delegado regional Cesar Ferro comunicou agora há pouco que Luan dos Santos Sousa, o principal suspeito de ter assassinado os irmãos Leandro Granjeiro e Alexsandro Granjeiro, na noite de 25 de maio de 2018, em Santa Filomena do Maranhão, acabou de ser preso no interior de Porangatu, Estado do Goiás.


O delegado disse que o trabalho de investigação durou cerca de quatro meses para localizar o paradeiro do suspeito. Ele ainda disse que a esposa de Luan já havia confessado à polícia que seu marido foi o autor do duplo homicídio. Ainda segundo ele, há três testemunhas que presenciaram o crime e confessaram ter sido Luan o ator.


A equipe de captura, comandada pelo delegado regional, já está em deslocamento para a cidade de Presidente Dutra. A previsão é que ele seja interrogado somente amanhã, já que Porangatu fica a 1300 km.


De acordo com testemunhas que presenciaram o duplo homicídio, não houve discussão entre o suspeito e as vítimas. As mortes tiveram características de crime de encomenda, mas segundo relato de uma testemunha que estava no local, o fato foi gerado por causa de uma mulher, supostamente por ciúmes. 

(Do Lobão)

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog