domingo, 19 de agosto de 2018





O vice-governador Carlos Brandão (PRB) obteve sua primeira vitória contra o grupo da ex-governadora Roseana Sarney (MDB), que já protocolou duas ações solicitando a impugnação do registro de candidatura do companheiro de chapa do governador Flávio Dino (PC do B).

O procurador regional eleitoral, Pedro Henrique Oliveira Castelo Branco, arquivou, ontem, representação através da qual o MDB pedia o indeferimento do pedido de registro de candidatura do vice-governador.

A justificativa alegada refere-se ao fato de Brandão ter assumido o comando do estado, em substituição a Dino, após o dia 07 de abril.

Para o procurador, o vice-governador não cometeu nenhuma irregularidade, “mas tão somente exerceu provisoriamente a função de governador em face das atribuições próprias do cargo que ocupava, o de vice-governador”.


Contra-ataque – O PC do B, por meio do deputado federal Rubens Pereira Júnior, resolveu reagir as investidas do grupo Sarney e também procurou o Ministério Público Eleitoral para questionar a legitimidade da candidatura de Roseana ao governo.

O parlamentar ingressou com uma ação pedindo o indeferimento do pedido de registra de candidatura da ex-governadora.

Afirmou, na peça, que Roseana não teria se desligado, em tempo hábil, da direção do sistema Mirante de Comunicação, pertencente a sua família.

Ou seja, antes do prazo para registro de candidatura perante a Justiça Eleitoral.

““Tem-se que a candidata se encontra inelegível porque não se afastou dos encargos de administração e também representação das suas empresas integrantes do Sistema Mirante de Comunicação”, afirmou o deputado na ação.

Abaixo, veja o vídeo publicado por Rubens Júnior no qual ele explica o pedido.



0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração