sexta-feira, 1 de junho de 2018


Desde que assumiu o município de Amapá em janeiro de 2017, Tate do Ademar não conseguiu emplacar sua gestão como um modelo a ser seguido, a maior prova disto além do descontentamento popular são as inúmeras denúncias envolvendo suspeitas de fraudes em processos licitatórios e demais irregularidades administrativas, o que acabou culminando em seu afastamento. O afastamento diga-se de passagem tem sido visto com bom olhos pela população de Amapá e como um exemplo de que no Brasil que deveria ser modelo, administrador público que não anda na linha pode retornar para onde veio e também ter problemas com a justiça.

Afastamento

Tate do Ademar foi afastada do cargo pela Câmara Municipal no último dia 23 por suspeita de falsa licitação e superfaturamento em compras de peças de carros. O vice-prefeito João Vilar Almeida (PCdoB) foi empossado pela Câmara Municipal 24 horas depois pela Câmara.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog