domingo, 3 de junho de 2018

Roberto Rocha trai mais um e deixa Zé Reinaldo fora da pré-campanha ao Senado
Ao perambular em almoços pela Baixada Maranhense, o senador e pré-candidato ao governo Roberto Rocha (PSDB) deixou claro que sua chapa majoritária está fechada.

O autointitulado “Asa de avião” apresenta os pré-candidatos Alexandre Almeida e Waldir Maranhão, descarta o deputado federal Zé Reinaldo como companheiro de chapa nas conversas de pé de ouvido e nos gestos.

Egocêntrico, o tucano não admite a tese defendida por Zé Reinaldo da candidatura de Eduardo Braide. A insistência do ex-governador em incluir mais um laranja para levar a eleição ao segundo turno, custa a Zé Reinaldo o fim do sonho de chegar ao Senado Federal.

Ontem, nos municípios de Alcântara e Bequimão, Rocha fez questão de ser fotografado ao lado de seus companheiros de chapa Waldir Maranhão e Alexandre Almeida e postar nas redes sociais.

No Twitter, o líder do governo na Assembleia, Rogério Cafeteira (DEM), provocou “chapa majoritária completa na mesa?!”. O assessor de Rocha curtiu.

Antes, em entrevista a uma emissora de rádio local, “Asa” já havia dito que as críticas em tom de ameaça feitas pelo ex-prefeito de Imperatriz Sebastião Madeira a Zé Reinaldo tinham o aval do partido e que sua amizade com Braide é “de berço”.

Rocha costura assim a candidatura de Braide a deputado federal com a promessa de apoiá-lo para a Prefeitura de São Luís, em 2020.

Frequentadores dos banquetes palacianos, na infância e juventude, Rocha e Braide parecem reservar para Zé Reinaldo apenas o papel de bobo da corte…

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog