terça-feira, 5 de junho de 2018




A professora Selene Veras Roque, 28 anos, foi assassinada com 26 facadas na tarde de ontem (3) em Luís Correia (a 340 km de Teresina). O principal suspeito é seu marido, o mecânico Raimundo Neto Pereira, o ‘Neto Motopeças’, 32 anos, que está foragido. Este ano já é o sexto caso de feminicídio registrado no Piauí.

Segundo o subcomandante da Companhia Independente de Turismo da Polícia Militar (CIPTur), capitão Valdeci Galeno, os dois chegaram do curso de especialização que fazem em Parnaíba e tiveram uma briga.


“Ao que tudo indica foi questão de ciúmes. Eles já tinham tido algumas discussões, mas nunca tinha tido contato físico. O crime aconteceu por volta das 17 horas. Eles faziam especialização na mesma faculdade mas em salas diferentes e iam e voltavam juntos”, explicou o capitão Galeno.


A arma do crime, uma faca, foi encontrada dentro da casa do casal, mas o mecânico está foragido. Eles moravam no povoado Lameiro, região do Brejinho onde a professora estava diretora de uma escola municipal.


“Parte das duas famílias moravam na região. O casal tem uma filha de sete anos que não estava em casa no momento do crime”, completou o oficial da PM.

O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML) de Parnaíba. A arma foi recolhida pela perícia e as investigações estão a cargo da Polícia Civil.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog