quarta-feira, 20 de junho de 2018


Prefeito Gago, do PT.
O desembargador Luiz Gonzaga Almeida Filho, do Tribunal de Justiça do Maranhão, decidiu liminarmente, nesta terça-feira (19), afastar do cargo o prefeito do município de Governador Nunes Freire, Indalécio Wanderlei Vieira Fonseca (PT).

O magistrado atendeu recomendação da promotora de Justiça Laura Amélia Barbosa e pedido feito pelo vice-prefeito da cidade, Josimar da Serraria (PMDB), que estava no exercício do cargo e solicitou à Justiça o afastamento de Gago – apelido pelo qual o petista é mais conhecido no meio político.

Em outubro do ano passado, Indalécio foi vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Em janeiro deste ano, licenciou-se para tratamento de saúde, oportunidade na qual Josimar da Serraria assumiu por um período de seis meses.

O vice-prefeito recorreu ao Judiciário alegando que Gago, devido as sequelas deixadas pelo AVC, não está apto para retornar ao comando do município.

Já a promotora Laura Amélia decidiu que deveriam ser feitos exames para comprovar se o prefeito estava apto, ou não, para reassumir suas funções.

O médico que já tinha atestado que Gago poderia retornar as suas funções acabou retrocedendo e reconheceu perante à Justiça que o estresse do cargo de prefeito poderia não ser bom para ele e seu estado de saúde poderia piorar.

O desembargador, em sua sentença, disse que ficou constatado que desde o fim de sua licença médica o petista compareceu uma única vez na sede da prefeitura, não tendo retomado as suas atividades normais.

Com a decisão, Josimar da Serraria continua dirigindo o município – pelo menos por enquanto.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração