segunda-feira, 4 de junho de 2018

O prefeito de Turiaçu Umbelino Ribeiro (foto) foi denunciado na Policia Federal pelo caos na saúde do município. Ocorre que segundo a denúncia  formulada em uma morte que ocorreu no hospital local, supostamente por negligência médica, coloca em cheque a aplicação de recursos oriundos do governo federal para suprir as necessidades básicas da saúde de Turiaçu.
 Entenda o caso: 
No último dia 06, um Homem popularmente conhecido na cidade como Galdino sofreu um grave acidente de moto quando retornava para sua casa. Ao chegar no hospital administrado pelo município, não havia um médico para prestar atendimento.
Segundo relatos de familiares, a vítima que chegou com um trauma na cabeça e sentido dores no tórax provocado pela queda, foi atendido por um maqueiro. Foi o próprio maqueiro quem medicou, fez o curativo e em seguida liberou o paciente para ir para a casa.
Depois de ser atendido e liberado pelo maqueiro, o senhor Galdino Marques sentiu fortes dores de cabeça e depois de algumas horas acabou morrendo.
Os familiares denunciaram que a falta de médicos é comum na unidade Elvira Carvalhal e que enfermeiros muitas vezes fazem o papel de médicos. A situação é tão comum que até um maqueiro se acha na condição de atender um paciente, eles responsabilizam a gestão de Umbelino pela morte de Galdino e querem providências sobre o caso.
Umbelino denunciado na Policia Federal 
A denúncia do caso na PF se justifica pelo fato da prefeitura municipal de Turiaçu receber mensalmente recursos do governo federal via ministério da saúde para serem investidos no atendimento a população, pagamentos de médicos e equipes medicas,assim como aquisição de remédios e materiais hospitalares. O denunciante ainda afirma que o município não conta com equipes de pronto socorro e médicos para atender a população.
“E frequente a falta de profissionais de saúde e as condições são sempre as piores possíveis.”
Denunciou Sérgio Emanuel da Silva Marques.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração