segunda-feira, 21 de maio de 2018

Na última quinta-feira (17), o deputado Fábio Braga usou a tribuna da Assembleia Legislativa para destacar a 16ª Agrobalsas, maior feira tecnológica e agrícola do estado do Maranhão, que começou nessa segunda-feira (14) e termina neste fim de semana. O parlamentar também defendeu a realização de feiras agropecuárias nas cidades do Baixo Parnaíba, que é a segunda maior região produtora de grãos no Estado.

Fábio Braga aproveitou para valorizar outros eventos agrícolas que acontecem no Estado, como a Expoema de São Luís e a Feira de Imperatriz, que também é uma grande feira tecnológica para a Região Tocantina. “Nós tivemos, nos últimos anos, o aumento da demanda de alimentos no mundo inteiro e temos que acelerar e aumentar cada vez mais a tecnologia na área de produção de grãos, na produção e criação de animais, e para isso nós precisamos cada vez mais de inovação tecnológica”, afirma o deputado.

“A Agrobalsas já na 16ª edição e é algo feito com um grande êxito pelos organizadores, empresários da região de Balsas e pelo Governo do Estado que tem cada vez mais contribuído para que essas feiras possam acontecer. Além das trocas de informações, as férias trazem o aumento das transações comerciais, novas mostras de pesquisas, que estão ainda em fase embrionária e, acima de tudo, incremento cada vez maior em agricultura familiar com o surgimento de novas máquinas, novas sementes, que faz com que a agricultura de hoje seja totalmente diferente anos atrás”, explica Fábio Braga.

Estradas e PIB

Após destacar o crescimento no agronegócio no Maranhão, o deputado Fábio Braga aproveitou para falar sobre alguns problemas que ainda estão sendo enfrentados nas estradas do Estado. Segundo ele, o constante aumento na produção agrícola, pede cada vez mais estradas que comportem o tráfego em certas regiões do Maranhão.

“Há certa insatisfação do povo da região de Balsas, de Tasso Fragoso e de Alto Parnaíba, que são grandes regiões produtoras de grãos do Brasil. Essa produção cada vez maior carece de estradas cada vez melhores e que sejam capazes de suprir o constante tráfego de carretas que fazem o transporte dessa produção”, diz Fábio Braga.

Além disso, Fábio Braga salientou que o aumento da produção dos grãos e o aumento dos cereais do arroz faz com que a cadeia produtiva do Maranhão, tenha cada vez mais influência no PIB do Estado. “O agronegócio moderno parte do princípio de se ter cada vez mais rentabilidade e mais sustentabilidade”, finalizou.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração