quinta-feira, 26 de abril de 2018

Presidente da Câmara e o prefeito Luizinho
Após a pressão que a população e a imprensa deu no projeto que aumenta a taxa de iluminação pública do município de São Bento em quase 200%, o presidente da Câmara de Vereadores, Iraney Trinta decidiu retirar da pauta a proposta. O projeto deveria ser votado ontem, 24, durante a sessão plenária.

Com propostos em redes sociais e a repercussão negativa da proposta, o parlamentar decidiu retirar da pauta de votação e redistribuir para as comissões, com algumas alterações. Aliado histórico do prefeito Luizinho Barros, o presidente disse que será votado nas próximas semanas, mas não informou nenhuma previsão para a votação.

Documentos obtidos pelo Blog do Jailson Mendes, com exclusividade, mostram o projeto encaminhado pelo gestor e demonstram a situação do verdadeiro absurdo e que merece ser objeto de discussão e ação não só da população, como do próprio Ministério Público, que pode se manifestar a qualquer momento sobre a taxa abusiva.

Os vereadores Gentil, Joãozinho de João do Sangue e Isaney Dias já se manifestaram contra, mas o prefeito Luizinho Barros conta com maioria no plenário e teria avisado que não desistirá do projeto. O blog fica a disposição do prefeito e de secretários para possíveis esclarecimentos.

0 comentários:

Postar um comentário

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog