domingo, 29 de abril de 2018


Mais de 7mil e 700 candidatos à carreira pública para a Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep), do Governo do Maranhão, participaram das provas do concurso público realizadas neste domingo(29). 

O certame aconteceu em duas etapas, sendo o turno da manhã destinado aos candidatos de nível médio e o da tarde aos candidatos aos cargos de nível superior. A organização do concurso ainda não havia contabilizado o número de faltosos até o final das provas. A lista dos aprovados está prevista para ser divulgada em outubro deste ano.

Foram disponibilizadas 30 vagas para provimento dos cargos de Analista Executivo (Especialidades: Administrador, Analista de Recursos Humanos, Assistente Social, Contador, Engenheiro Civil e Programador de Sistemas), Analista Previdenciário com formação em Direito (Áreas de atuação: Administrativa Previdenciária, Atuarial e Contábil e Financeira e Contábil), Perito Médico e Técnico Previdenciário.

Concorrendo a uma vaga para analista previdenciário, Juan Pablo Alves Costas, de 36 anos, fala da relevância dos concursos públicos realizados pela atual gestão do Governo do Maranhão. 

“É uma oportunidade para quem está esperando e estamos aqui na luta para concorrer a uma vaga com igualdade. São extremamente necessárias essas realizações de concurso para suprir a expectativa da população”, comenta.

Este será o primeiro concurso realizado para a Segep desde que a secretaria foi criada em 2012, após ser desmembrada da, à época, Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplan). Antes do desmembramento, o último concurso havia ocorrido em 2006 para cargos administrativos do Estado.

Em busca da estabilidade profissional, Aglaene de Almeida Nobre, de 27 anos, conta que essa atitude inédita do Governo do Maranhão de abrir vagas nas áreas citadas acima para a Segep traz muita esperança para quem deseja ingressar no mercado profissional. 

“É essencial que os servidores passem a ser concursados e não somente comissionados, até porque é uma previsão legal da Constituição e é importante que a gente tenha essas oportunidades, de entrar no mercado de trabalho através de concurso”, reitera.

A chefe do Núcleo de Apoio da Comissão Central de Concurso Público da Segep, Christiane Melo, fez uma avaliação do dia e detalhou todo o processo de preparação para o concurso. 

“Nos preparamos há mais de seis meses para que pudéssemos chegar ao dia da realização das provas. O nosso trabalho não acaba aqui. Nesse caso específico, para o cargo de analista previdenciário, nós ainda teremos a avaliação de título dos aprovados, e, em seguida, vem a questão dos recursos, e por fim, o resultado final”, explica.

0 comentários:

Postar um comentário

Nova Rádio Timbira

Facebook

Rádio do seu Coração

Arquivo do blog